Casey Neistat mostra que não existe cancelamento

Bitsmag

David Dobrik continua cada vez mais famoso apesar de vários escândalos

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Under The Influence acaba de estrear no festival SXSW 2022 e mostra o cotidiano de David Dobrik antes, durante e depois dos dois grandes escândalos de sua carreira de influenciador. O filme é um apanhado sobre a vida de um dos maiores influenciadores, ou youtubers, e seu retrato é bem representativo de toda uma geração que se desenvolve nas redes sociais.

O caminho do sucesso como criador de conteúdo no YouTube passa por muito trabalho postando vídeos com assiduidade, se possível diariamente. Tais vídeos precisam ser palatáveis para a grande audiência de adolescentes que predomina na plataforma. Na maioria das vezes isso significa que o conteúdo tem de ser apelativo, provocativo e a procura pelo próximo “viral” muitas vezes tem resultado catastrófico.

A trajetória de muitos dos grandes youtubers passa por pelo menos um escândalo de proporções incomensuráveis. Na maioria das vezes os escândalos acontecem como repercussão de um vídeo onde o influenciador passou dos limites aceitáveis da ética. O problema é que a própria definição de ética hoje vem sendo desafiada, haja visto a escalada da extrema direita no mundo, normalizando o racismo, o machismo e todo tipo de discriminação maquiados de “ironia” e humor duvidoso.

Casey Neistat, diretor de Under The Influence, não se encaixa nessa classe de grandes youtubers que enfrentaram um ou mais grandes escândalos. Neistat é um dos poucos grandes criadores da plataforma que conseguiu sucesso sem precisar apelar para o mau gosto. De março de 2015 até meados de 2018, Casey Neistat foi o rei do YouTube. Ele criou alguns grandes hits da plataforma, como o antológico vídeo Snowboarding with the NYPD.

Ao mesmo tempo outros novos criadores passaram a postar constantemente vídeos em formato de vlog. Nessa fase a turma que mais se destacou foi o grupo dos “viners”. Vine foi uma plataforma de vídeos curtos que existiu de 2012 até 2016, quando foi adquirida pelo Twitter e acabou sendo descontinuada. Os jovens criadores do Vine ficaram sem plataforma e migraram para o YouTube, sendo que alguns já tinham canais, mas não estavam postando. Foi o caso de quatro grandes nomes: os irmãos Logan e Jake Paul, Lisa Koshy e David Dobrik.

Os irmãos Paul são lendários. Logan Paul protagonizou um dos piores escândalos da plataforma quando gravou no Japão um vídeo mostrando o cadáver de um suicida. Depois de um rápido cancelamento o youtuber passou a se dedicar ao seu podcast e a uma carreira de partidas de boxe com celebridades. Jake, o irmão mais novo, seguiu o mais velho nesse caminho. Ele também protagonizou alguns escândalos.

Lisa Koshy, que hoje tem cerca de 17 milhões de inscritos em seu canal, se dedica a uma carreira como atriz, apresentadora e comediante na mídia tradicional e mantém em seu canal do YouTube uma série de ficção, gravada nos moldes das produções de TV tradicionais, com roteiro, etc.

Um dos fatores que ajuda um criador de conteúdo de redes sociais é a colaboração com outros criadores. Lisa Koshy e David Dobrik foram namorados. Os dois se conheceram quando eram estrelas do Vine e fizeram a transição para o YouTube juntos. Estiveram no Brasil cobrindo as Olimpíadas, ao lado de vários outros youtubers que estavam em evidência na época, no ano de 2016. Em meados de 2018 eles terminaram e o vídeo onde eles divulgaram a separação deve mais de 17 milhões de visualizações.

É fato que o namoro entre Lisa e David ajudou muito o crescimento dos canais de cada um deles. No entanto a relação importantíssima entre eles não é nem citada no documentário de Casey Neistat. Pode ser que ela própria não tenha permitido ser retratada no filme.

Os vídeos de David dos últimos anos mostram as “aventuras” dele ao lado de sua troupe de amigos, o grupo The Vlog Squad. Esse grupo mudou de integrantes ao longo dos anos, mas no começo havia aquela vibe de frat house, super machista. Esse grupo foi recorrente nos vídeos até o primeiro escândalo que envolve alegações de estupro, o qual teria acontecido praticamente na frente das câmeras em um vídeo que foi deletado do canal poucos dias depois de ser postado.

Posteriormente foram entrando novos componentes no The Vlog Squad, como Jeff Wittek o qual é o epicentro do segundo drama de David Dobrik, um acidente em 2020 durante uma gravação. Jeff Wittek se machucou feio durante as filmagens onde ele se pendurou numa escavadeira dirigida por Dobrik. Bateu a cabeça na escavadeira e ficou com sequelas no cérebro e na visão. Logo após o acidente eles continuaram amigos mas agora Wittek se voltou contra Dobrik.

Under the Influence começa mostrando um garoto praticamente inocente que chegou ao estrelato por sua simpatia e energia contagiantes. No decorrer do filme vai se desenrolando a história que é praticamente recorrente na vida de muitos youtubers: acontece um problema sério, o público começa a comentar, o youtuber pede desculpas esfarrapadas, ocorre o cancelamento. Tal cancelamento, apesar de parecer algo muito grave, não dura muito tempo e o incauto volta a postar seus vídeos e ganhar mais visualizações e muito dinheiro.

Nas mãos de Casey Neistat essa história é interessante e educativa, principalmente para quem não está tão familiarizado com a dinâmica das redes. O filme deixa os fãs de Casey Neistat órfãos: o youtuber quase não aparece… Infelizmente… Casey Neistat é muito mais interessante e divertido que o foco de seu filme.

E David Dobrik, aprendeu alguma coisa nesses quatro anos em que o filme foi produzido? Aparentemente sim, aprendeu. O público reclama mas não chega a acabar com a carreira de seus ídolos. Não existe na verdade essa história de “cancelamento”. Reputação é um conceito “líquido”, mutável, infelizmente, bem como a ética nos tempos atuais.

Under the Influence ainda não tem data de estreia. Casey Neistat está produzindo outros documentários e este filme mostra que o diretor entende do assunto. O filme não teve ainda um trailer divulgado, fique com um vlog do canal de Casey onde ele se junta ao The Vlog Squad.

Bitsmag