Guia de viagem ao Reino Unido é voltado ao público LGBTQIA+

Bitsmag
BITSMAG-Guia-LGBTQIA-ReinoUnido

Agência britânica oficial de turismo produziu o livro para inspirar viajantes

Um novo guia de viagens volta seu foco para o público LGBTQIA+. A agência oficial de viagens ao Reino Unido, a VisitBritain, lançou o guia para inspirar viagens à Inglaterra, Escócia e o País de Gales. 

O guia é gratuíto e online, podendo ser baixado no site www.visitbritain.com/loveisgreat 

Com 50 páginas, o livro traz dicas de viagem ao Reino Unido, com recomendações de atrações, cidades e bairros como SoHo e Shoreditch em Londres, Canal Street em Manchester, Pink Triangle em Edimburgo e o centro de Cardiff. 

Traz também rotas para passeios como a North Coast 500 da Escócia e a Great West Way da Inglaterra, além de sugerir destinos para casamentos na Grã-Bretanha. 

A ideia é celebrar a tradição britânica de contar histórias únicas do povo LGBTQIA+. O recente lançamento do musical Todos Estão Falando Sobre Jamie, na plataforma Amazon Prime Vídeo, mostra a região do West End de Londres. Baseado em uma história real o filme tem como pano de fundo a cultura drag britânica, e mostra ainda a cidade de Sheffield, em Yorkshire.

O país tem registros históricos que remontam às peças de Shakespeare apresentadas pela primeira vez no final do século 16 e início do 17, nas quais atores masculinos faziam papéis femininos. A primeira drag queen inglesa conhecida foi a Princess Seraphina, que podia ser vista regularmente nas Molly Houses, os bares gays da Londres do século 18. As pantomimas – um pilar da cultura britânica caracterizado por produções teatrais infantis que acontecem no Natal e no Ano Novo – são conhecidas por suas Damas da Pantomima, em que um ator interpreta uma personagem feminina exagerada. Essa tradição remonta a 1806. Além disso, entre 1874 e 1920, a imitadora de homens Matilda Alice Powles (com o nome artístico de Vesta Tilley) foi uma grande atração em todo o circuito do Music Hall da Grã-Bretanha. 

Você também pode se interessar…

Outros filmes de temática LGBTQIA+ são Kinky Boots, As Horas, Minha Adorável Lavanderia e God’s Own Country. Uma pesquisa do VisitBritain mostrou os filmes como poderoso motivador para viagens, com quase um terço dos visitantes em potencial ao Reino Unido interessados em visitar destinos e locais usados nas filmagens e “vistos na tela”.

O diretor do VisitBritain – Brasil, Malcolm Griffiths, declarou à imprensa:

“Sabemos que há uma demanda reprimida por viagens. Mais de 80% dos brasileiros consultados pelo VisitBritain no início do ano disseram que definitivamente ou provavelmente farão uma viagem internacional de lazer nos próximos 12 meses. Enquanto a maioria dos brasileiros deseja viajar para férias, 39% querem viajar para visitar amigos e familiares, sugerindo a necessidade de se reconectar. Já 43% dos que desejavam viajar ainda não tinham feito a reserva ou decidido para onde ir, o que nos dá a oportunidade de influenciar na tomada de decisões, na escolha do destino e nas reservas”.

As últimas estatísticas oficiais mostram que os 291 mil brasileiros que visitaram o Reino Unido em 2019 gastaram R$ 250 milhões. Em relação ao ano anterior, houve um aumento de 16% no número de turistas brasileiros em 2019 e de 34% no total desembolsado por eles. Nos primeiros três meses de 2020, o número de brasileiros em férias no Reino Unido atingiu o recorde de 76 mil visitantes, um crescimento de 3% em comparação com o mesmo período de 2019. Os gastos aumentaram 8% e um novo recorde de visitas em feriados também foi estabelecido.

Bitsmag