Nile Rodgers faz palestra no SXSW 2017

Um dos motivos pelos quais eu vim para o SXSW 2017 é a palestra com Nile Rodgers. Se existe um ídolo para mim na música popular dos últimos 40 anos, essa pessoa é Nile Rodgers.

A maioria das pessoas o conhece como um dos maiores nomes da disco music, por sua banda Chic. Mas Nile vem trabalhando como produtor consistentemente desde sempre.

A palestra do SXSW evidentemente estava lotada já que esta era uma das maiores atrações da programação. Os mais novos o conhecem pelo renascimento do Chic no final dos anos 90 e pela produçãoão em conjunto com o Daft Punk do álbum Random Access Memories.

Nile Rodgers, no entanto, está por trás do sucesso de tanta gente na música pop que seria monótono enumerar. Durante os anos 80, ao contrário do que muita gente pensa, a disco não morreu, ela se fundiu com o som de muitos artistas pop que explodiram na época, como Madonna, Duran Duran, The Power Station, entre outros.

Nile Rodgers colaborou na produção de todos estes e com Michael Jackson. Nunca parou de trabalhar. De trilha para games a jingles para as maiores marcas da atualidade, como a Nike, o prolífico produtor vem deixando sua marca na música pop de forma perene, desde os anos 70.

Durante a palestra no SXSW 2017 Nile Rodgers falou várias vezes que um músico não pode ser esnobe e apontou como sua maior característica o fato de ser muito aberto para todo e qualquer estilo musical e artístico.

No final, respondendo a uma pergunta da única mulher da platéia que se manifestou para questionar o músico, Nile contou uma história bem engraçada. Ele mostrou que sua banda, Chic, sempre foi muito voltada para os gays e as mulheres e os gays, como a música I’m Coming Out”, gravada por Diana Ross, um dos vários hinos da disco que tem a marca de Nile Rodgers. Ele contou que teve a ideia de fazer essa música quando estava num clube de travestis e viu um grupo de drags vestidas como Diana Ross. Em inglês a expressão “to come out” quer dizer se assumir como gay. Surgiu aí o hit I’m Coming Out.

Aplaudido várias vezes durante a palestra, Nile Rodgers mostrou porque é um dos mais importantes músicos e produtores de música pop de todos os tempos.

Recomendo a leitura do livro Le Freak, uma autobiografia de Nile Rodgers. É o livro que estou lendo no momento.

Leia também:

Deixe um comentário:

comments

Powered by Facebook Comments