Jean-Michel Basquiat: The Radiant Child

Bitsmag
Basquiat no CCBB

 

Documentário com imagens inéditas esmiuça a vida do maior artista do graffiti novaiorquino dos anos 80

Jean-Michel Basquiat: The Radiant Child é o documentário de Tamra Davis, amiga pessoal do artista, que estreou no último festival de Sundance e acaba de ser lançado nos Estados Unidos. O filme conta a história de Basquiat, uma das estrelas das artes plásticas norte americanas dos anos 80 e cobre o início de sua carreira como artista de rua do graffiti, chamado Samo e sua meteórica ascenção. Davis tem poderosíssimas imagens gravadas na época.

Em sua breve carreira Jean-Michel Basquiat foi um fenômeno, saindo do underground das artes novaiorquinas, no Lower East Side do final dos anos 70, para o estrelato, vendendo obras para Deborah Harry, do Blondie, por US$ 200 e ficando amigo de Andy Warhol. Sua arte foi apreciada tanto pelo público leigo quanto pelos críticos e logo se tornou internacionalmente conhecida. No entanto o lifestyle de celebridade acabou minando a carreira do artista que morreu prematuramente de overdose aos 26 anos, em 1988, mesmo ano em que morreu Andy Warhol.

A diretora Tamra Davis  faz uma homenagem a seu amigo pessoal Basquiat com imagens inéditas do artista nos anos 80 e também fazendo uma análise do artista enquanto iconoclasta. Seu trabalho neo-expressionista surgiu quando o minimalismo e a arte conceitual ainda reinavam. Como um bem sucedido artista negro foi constantemente confrontado pelo tanto pelo preconceito como por mal entendidos dentro da própria comunidade negra. O documentário traz entrevistas de pessoas próximas e profisionais das artes que lidaram com ele mas são suas próprias palavras e seu trabalho que confirmam a aura e a mítica do artista e do homem Jean-Michel Basquiat.

Confira o trailer de Jean-Michel Basquiat: The Radiant Child:

Related Posts

Bitsmag