V&A exibe o estilo dos anos 70 e 80

Bitsmag

grace_jones_maternity_dress.jpg

Mostra do V&A Museum em Londres vai mapear o pós-modernismo

 

grace_jones_maternity_dress.jpg

Mostra em Londres vai mapear o pós-modernismo

Grace Jones e suas indumentárias feitas exclusivamente para ela por seu marido na época, Jean-Paul Goude. O blaser gigante de David Byrne usado no filme/show Stop Making Sense. O vídeo de Robert Longo para a música Bizarre Love Triangle do New Order. Estes são três exemplos do estilo que foi eternizado por bandas new wave e pós-punk, mais próximo de uma nova mentalidade e atitude do que fruto da criação de estilistas de moda, designers ou arquitetos.

O pós-modernismo, teorizado e discutido à exaustão nas últimas décadas, é o centro da próxima grande exposição do Victoria & Albert Museum, em Londres. Postmodernism: Style and Subversion 1970-1990 estreia em setembro com mais de 250 peças entre objetos de design, cultura pop, figurinos de clipes e filmes como Blade Runner, além de vídeos de Laurie Anderson, Grace Jones e New Order, pinturas de Robert Rauschenberg e Andy Warhol, e trabalhos de artistas como Jenny Holzer e os designers Peter Saville e Neville Brody.

A cantora Annie Lennox, vocalista do Eurythmics e ícone da década de 80, vai cantar na abertura da mostra que é uma grande retrospectiva da arte, do design e da arquitetura dos anos 70 e 80. As ideias radicais do pós-modernismo, que desafiaram os paradigmas do modernismo, serão exploradas na mostra.

Postmodernism: Style and Subversion 1970-1990
De 25 de setembro de 2011 a 15 de janeiro de 2012
Victoria and Albert Museum
Cromwell Road, London SW7 2RL  

 

Bitsmag