Advertisements

Leigh Bowery é homenageado em coleção da Supreme

Bitsmag

Veja documentário na íntegra sobre o artista

A marca-desejo Supreme acaba de lançar a coleção Leigh Bowery, em tempo para comemorar o mês do orgulho LGBTQIA+. A linha tem camisa, moletons com capuz e camisetas reverenciando um dos maiores nomes da arte de performance. 

O australiano Leigh Bowery, nascido em 1961, se mudou para Londres bem jovem e viveu a cultura dos clubes. Bowery usava seu corpo como mídia artística para mostrar o que significa ultrapassar fronteiras culturais. Ele foi um dos maiores nomes da cena alternativa noturna de Londres nos anos 80, conhecido pela subversão e excentricidade. 

Taboo era o nome de sua festa onde ele criou um espaço livre de regras. Por ali passaram figuras igualmente antológicas como Boy George, o coreógrafo Michael Clark e o artista plástico Damien Hirst. 

Você pode gostar de…

  1. Beyond The Streets - NYC - 2019
  2. LadyBunny-Wigstock-HBO
  3. Maison Margiela viraliza com modelo Leon Dame

Com Michael Clark Leigh Bowery criou figurinos para os espetáculos de dança do coreógrafo. Foi modelo para pinturas do artista plástico britânico Lucien Freud. Suas performances ficavam entre o escatológico e a arte conceitual. 

Leigh Bowery infelizmente morreu muito jovem, aos 33 anos, em 1994, devido a complicações da AIDS. 

Uma parte da venda da coleção da Supreme vai para a organização novaiorquina Visual AIDS que ajuda artistas soropositivos. 

Veja a coleção e, mais abaixo, confira o documentário The Legend of Leigh Bowery, de Charles Atlas

close
Advertisements
Bitsmag