Biografia não autorizada de Tom Cruise

tomcruise_magnolia.jpg

Super astro promete processar jornalista britânico que diz que Suri é “bebê de Rosemary”

tomcruise_magnolia.jpg

Tom Cruise todo mundo sabe quem é. Já Andrew Morton é um nome que aparece quando se fala da biografia não autorizada da princesa Diana, de 1992, antes do divórcio. Sem dó o jornalista oportunista colocou para o mundo que Diana era infeliz no casamento e tinha bulimia. Ele, que adora barraco, também fez uma “obra” sobre a infame estagiária da Casa Branca, Monica Lewinski.

Com Tom Cruise parece que Morton resolveu mesmo não ter clemência. Ele entrevistou pessoas que tiveram contato com o super astro e está levantando diversas teorias sobre a vida de Tom Cruise. O astro seria gay e teria tido um encontro do tipo durante as filmagens de De Olhos Bem Fechados.

O livro ataca principalmente a igreja da Cientologia, da qual Cruise é notório adepto. Morton diz que o ator é o segundo homem na hierarquia de poder da seita. O jornalista britânico também não poupa a filha de dois anos do ator com Katie Holmes. A garotinha seria resultante de uma doação de esperma do principal teórico e fundador da seita, o falecido L. Ron Hubbard o que portanto a torna algo do tipo “bebê de Rosemary”, em alusão ao filme de terror clássico de Roman Polanski.

Tom Cruise não deixou por menos. O livro não será publicado no Reino Unido que é berço da cultura dos tablóides de fofoca e por isso tem leis mais rígidas que os Estados Unidos em relação a injúria e difamação. E já ameaçou entrar com uma ação contra o Andrew Morton no Reino Unido de nada menos que 50 milhões de libras, algo como 200 milhões de reais.

O livro, no entanto, vai ser publicado pela editora St.Martin’s Press nos Estados Unidos.

Deixe um comentário:

comments

Powered by Facebook Comments

%d blogueiros gostam disto: