Louise Bourgeois na capa do novo de Kanye West

Bitsmag

Álbum Donda é homenagem à mãe do rapper

Deve sair em breve um novo álbum de Kanye West, o décimo de sua carreira. Donda é homenagem à mãe do rapper que faleceu em 2007, aos 58 anos, após complicação de uma cirurgia. 

O álbum deveria ter sido lançado em 2020 mas foi adiado várias vezes e a data nova é 6 de agosto, segundo um porta-voz da gravadora Universal Music que detém os direitos da Def Jam Recordings, distribuidora do selo G.O.O.D. de Kanye, ganhador de 22 prêmios Grammy.

Quem quiser ter um tira gosto é só conferir o comercial do novo fone de ouvido sem fio da Beats by Dre. O comercial tem parte da faixa No Child Left Behind de Donda e é estrelado pela atleta Sha’Carri Richardson que acabou eliminada das olimpíadas de Tóquio por ter testado positivo para maconha. 

No novo trabalho Kanye West, recém divorciado de Kim Kardashian, combina faixas hip-hop e temas gospel com presença de seus icônicos vocais “vitaminados” pelo Auto-Tune. Jay-Z, mentor de Kanye, faz pequena participação. 

A capa do disco traz uma guache de Louise Bourgeois. A artista, que faleceu em 2010, explorou a relação com sua mãe numa série de esculturas de bronze em forma de aranha. 

O trabalho de Bourgeois escolhido por Kanye é uma pintura de uma forma feminina com as proporções de uma deusa da fertilidade e foi criada em 2007, mesmo ano em que morreu a mãe de Kanye West. 

Não é a primeira vez que Kanye trabalha com artistas plásticos nas capas de seus álbuns. Com Takashi Murakami e seu estúdio KaiKai Kiki ele fez a capa de Graduation, em 2007. Kaws criou uma arte para a edição de luxo de 808s and Heatbreak de 2008. George Condo pintou Kanye West para o lançamento de 2010, My Beautiful Twisted Fantasy.

Bitsmag