Documentário mostra a genialidade de Martin Margiela

Bitsmag

bitsmag-YOOX-Group-presents-The-Artist-is-Absent-1

Gaultier, Ralf Simons e Suzy Menkes falam sobre o recluso designer belga

A maison Martin Margiela hoje tem direção criativa de John Galliano, mas até 2009 a grife era chefiada pelo próprio Margiela, um personagem bastante arredio à imprensa e que, desde sua saída da marca que leva seu nome, se mantém recluso.

O designer belga é o mais reverenciado da turma dos anos 90 de alunos da Académie des Beaux-Arts d’Anvers, um grupo que ajudou a renovar a indústria da moda na época e que até hoje é referência de desconstrutivismo e minimalismo.

Estreou no festival Tribeca de cinema e está disponível no youtube o documentário The Artist Is Absent: A Short Film On Martin Margiela, de Alison Chernick. O filme revela muito do designer enigmático com entrevistas de alguns grandes nomes da moda como Jean Paul Gaultier, Raf Simons, a jornalista Suzy Menkes e o industrial Geert Bruloot, que ajudou a revelar Martin Margiela.

Alison Chernick, diretora e produtora novaiorquina que já fez curtas sobre Jeff Koons e Mathew Barney, teve um grande desafio ao produzir este documentário. Mariela sempre recusou ser fotografado ou entrevistado de maneira que muitos pensam que ele não existe.

A diretora contou à imprensa que se correspondeu com o designer por email, já que Skype estava fora de questão. Ele fez uma lista de colegas que respeitam suas ideias e conceito, como Gaultier e Simons, além de pessoas de sua própria equipe, atestando a genialidade de Martin Margiela.