Tempo de Phusion no CCBB Rio

Bitsmag

phusion.jpg

Phusion: festival de música une jazz e electronica

phusion.jpg

Festival de música une jazz e electronica

por: Divulgação 

De 18 de julho a 10 agosto de 2008 – de sexta a domingo às 19h – expoentes do jazz brasileiro e da cena eletrônica nacional participam da série musical Phusion, no Teatro III do CCBB Rio.

Artistas como Marcos Valle, banda Lavoura e grupos como Sardinha’s Club e os trios 3-63, Curupira e Sambajazz apresentam shows de música brasileira e mostram por que vêm conquistando cada vez mais ouvintes aqui e no exterior. A série recebe também DJs consagrados no exterior, como Tahira e o DJ Tudo, que prometem surpresas e pretendem fazer "live acts", isto é, irão convidar instrumentistas para fazer improvisações ao vivo durante suas performances.
O cardápio musical pra lá de variado e vanguardista vai abranger do samba-jazz e da bossa nova ao soul, funk, drum’n’bass e o que mais vier.

18, 19 e 20 de julho – Tahira e Trio 3-63
O DJ, divulgador, produtor, crítico e agitador cultural Alexandre Tahira vem se consolidando como um dos grandes nomes da renovação do jazz no universo dos clubes e pistas de dança, sob o rótulo de nu-jazz, som que faz sucesso também nos lounges de hotéis elegantes. Conhecido por sua versatilidade, o DJ mistura estilos como rare grooves, house, broken beat, nu-jazz, techno e abstract hip hop, sempre com fortes influências do jazz, funk 70´s, soul, afro e música latina e Brazuca.
Trio 3-63 – Três músicos nascidos em 1963 se encontram e propõem um programa dedicado à escuta das múltiplas frequências da criação musical brasileira, eruditas e populares. A flautista Andrea Ernest Dias, o pianista Paulo Braga e o percussionista Marcos Suzano fazem jus ao melhor de sua geração transitando livremente, com ritmo e pulsação, pela música brasileira.

25, 26 e 27 de julho – Lavoura e Sardinhas’s Club
O Lavoura é um coletivo dedicado à eletrônica híbrida, que combina psicodelia digital, funk setentista e afrofuturismos, com imagens imersivas produzidas por VJs em tempo real. A banda tem três álbuns independentes lançados, "Raízes Aéreas" (2003), "Máquinas Híbridas" (2005) e "Kosmophonia" (2008), todos pelo selo próprio Samacô Records.
Sardinha´s Club – Prêmio TIM de Música Brasileira 2004 de melhor grupo instrumental, o Pagode Jazz Sardinha’s Club, que passa a assinar apenas Sardinha´s Club, nasceu em 1997 trazendo uma mistura inovadora que une choro, jazz , funk, samba e jongo, ritmos que os cariocas abraçaram em seus corações. O nome faz uma homenagem ao Beco das Sardinhas, um tradicional ponto de boemia carioca (no centro de cidade) especializado em sardinhas na brasa. Entre seus integrantes estão: Eduardo Neves (sax e flauta) e Rodrigo Lessa (bandolim e bandarra), entre outros.

01, 02 e 03 de agosto – Trio Curupira e Sambajazz Trio
A multiplicidade de ritmos e ambiências inspiradas na cultura popular é a pedra angular do Trio Curupira, descendente direto da linhagem de Hermeto Pascoal na MPB instrumental. Não à toa, o pianista André Marques é titular da banda do "bruxo" há anos. A seu lado estão dois jovens talentosos instrumentistas e compositores de São Paulo: Cleber Almeida e Fábio Gouvêa.
O Sambajazz Trio, formado pelos virtuoses Kiko Continentino (piano), Luiz Alves (contrabaixo) e o fenômeno Clauton "Neguinho" Sales, que além de baterista é trompetista, representa uma tradição em trios de jazz que foram fundamentais na evolução da música brasileira. Tamba Trio, Zimbo Trio, Trio 3D, Rio 65 e Sambalanço são alguns nomes que estiveram por trás da difusão do samba-jazz.

08, 09 e 10 de agosto – DJ Tudo e Marcos Valle
Marcos Valle e o músico, produtor e pesquisador da cultura brasileira Alfredo Bello, que assume a sua persona DJ Tudo para comprovar que o Brasil, sim, faz bonito na pista de dança, se encarregam de encerrar as apresentações do projeto Phusion.
Os antológicos discos de Valle têm lugar de destaque nas prateleiras de "rare grooves" (grooves raros) na Europa e nas pickups dos DJs das pistas mais espertas do planeta. Afinal o compositor aproximou de diversas maneiras a bossa do jazz, soul, funk e pop durante toda a sua carreira.

Serviço Phusion / shows:

18, 19 e 20 de julho: DJ Tahira e Trio 3-63 (19h e 30)
25, 26 e 27 de julho: Lavoura e Sardinha’s Jazz (19h)
01, 02 e 03 de agosto: Trio Curupira e SambaJazz (19h)
08, 09 e 10 de agosto: DJ Tudo e Marcos Valle (19h)

Centro Cultural Banco do Brasil (Rua I de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro)
Local: Teatro III (2º andar)
Capacidade: 140 pessoas
Não há estacionamento no local / Acesso para cadeira de rodas / Metrô: Estação Uruguaiana/ Informações: 3808-2020.
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil
Produção: Fulô Cultural
Direção artística: Fabiano Alcântara
 

Bitsmag