Sairá do limbo fashion?

Bitsmag

schiaparelli-capa

Galliano estaria sendo cogitado para reviver a marca Schiaparelli

 Elsa Schiaparelli

Galliano estaria sendo cogitado para reviver a marca Schiaparelli

De ícone fashion da maior grandeza John Galliano virou o maior pária do mundo da moda. Após o fatídico vídeo que mostrava o estilista proferindo agressivamente franca declaração anti-semita, o mundo desabou sobre a cabeça do brilhante criador de moda.

Um ano depois a comunidade internacional de moda ainda debate sobre rumores de qual grande nome o substituirá na maison Dior. Os criadores mais citados recentemente são o belga minimalista Raf Simons, que acaba de deixar a direção criativa da grife alemã Jill Sander e o francês Hedi Slimane, que já cuidou da linha masculina da Dior e hoje concentra seus esforços na fotografia. Dos burburinhos durante as semanas de moda no mês passado até agora, o nome que vai substituir John Galliano na Dior ainda não foi confirmado.

Enquanto isso, longe dos holofotes, Galliano mantém-se discretíssimo, mas um artigo da bíblia da indústria da moda WWD (Women’s Wear Daily) coloca no roda um novo rumor dizendo que John está sendo cogitado como estilista da nova encarnação da marca Schiaparelli.

A escolha tem tudo a ver. A italiana Elsa Schiaparelli criou moda nos anos 30 e chegou a fazer parcerias com artistas surrealistas como Salvador Dali e Jean Cocteau, além de ter participado do movimento dadaísta.

{gallery}estilobits/schiaparelli{/gallery}

Bitsmag