Lei francesa contra culto à extrema magreza

Bitsmag

ana_carolina_reston.jpg

Franceses criam projeto de lei para combater culto à magreza. O que você acha? 

ana_carolina_reston.jpg
(A modelo Ana Carolina Reston morreu em novembro de 2006 pesando cerca de 40 quilos)

É possivel legislar contra a magreza? É isso que os franceses estão tentando fazer. O senado francês está analisando uma lei que vai tornar ilegal publicar, incitar, ou encorajar de qualquer forma a magreza extrema. A lei, se aprovada, será usada para penalizar revistas, anunciantes e agências de publicidade, além de sites e blogs de internet. Os condenados poderão ser presos e/ou pagar multas de até 50 mil dólares.

O projeto de lei mostra que cresce cada vez mais a preocupação com a utilização de modelos extremamente magras pela indústria da moda e da publicidade. Não é de hoje que autoridades de vários países tentam combater o culto à magreza. Anos atrás a semana de moda espanhola Cibelles proibiu que várias modelos desfilassem, inclusive uma das maiores tops do país, Esther Cañadas, porque elas estariam com o peso menor do que o mínimo de uma pessoal saudável. A Semana de Moda de Milão também tem se preocupado com o assunto. Políticos franceses e membros da indústria da moda assinaram um tratado para promover imagens humanas mais saudáveis.

No entanto as iniciativas não vêm dando resultado e se proliferam na internet websites que promovem a anorexia e a bulimia como estilo de vida e “dicas” de dieta onde se come apenas uma maçã por dia. A parlamentar francesa do partido conservador, Valery Boyer, que propôs a lei contra a magreza, argumentou que iniciativas para promover a magreza extrema deveriam ser punidas por lei. Valery Boyer faz parte do mesmo partido do atual Presidente da França, Nicolas Sarkozy. O projeto de lei francês tem ainda o apoio da ministra da saúde, Roselyne Bachelot.

A lei chega ao senado francês com polêmica. O presidente da Federação Francesa de Alta Costura, Didier Grumbach, disse à imprensa que é impossível legislar contra o peso corporal das pessoas. Ele acha que os profissionais de moda jamais aceitarão que um juíz decida se uma mulher é magra ou não.

E você, o que acha? É possivel criar uma lei contra a magreza extrema?

Bitsmag