DJ Bezzi conversa com o Bonde do Rolê

Bitsmag

DJ Bezzi conversa com o Bonde do Rolê

958_01p O funk carioca made in Curitiba do Bonde do Rolê sai do Brasil para ganhar o mundo nos próximos meses. O grupo, que assinou recentemente com o selo Mad Decent do DJ e produtor Diplo, sai numa movimentada turnê pelos Estados Unidos, abrindo os shows do Cansei de Ser Sexy. Aproveitei minha ida a Curitiba e conversei com a vocalista do bonde, Marina Ribatski, antes de iniciarem a turnê fora do Brasil.

Formação:
Marina Ribatski – vocal/MC
Rodrigo Gorky- DJ
Pedro Déyrot- vocal/MC

Links:
www.maddecent.com
www.myspace.com/bondedorole

Bezzi: O quê vocês esperam dos shows com o cansei de ser sexy nos Estados Unidos?

Bonde do Rolê: Bom, a gente não tem muita idéia do que vai ser, mas com certeza vai ser uma recepção diferente daqui do Brasil. Vai ser muito divertido.

Bezzi: Como e quando vocês tiveram contato com o Diplo?

Bonde do Rolê: Ano passado, o Diplo veio em turnê pro Brasil e quando ele foi pra Porto Alegre o Fredi Chernobyl da Comunidade Nin-Jitsu, deu um CD pra ele.Ele gostou e convidou a gente pra ser o primeiro release do selo novo dele Mad Decent.

Bezzi: Porquê vocês optaram pelo funk carioca?

Bonde do Rolê: Não foi uma opção. O Gorky foi criado no Rio de Janeiro, o funk era parte do "habitat" aqui em Curitiba, ele foi um dos primeiros a discotecar funk nas festas. Ele sempre tocava, fazia bootlegs de rock com pancadão. Um dia ele fez uma com Daft Punk e uma batida de funk, e pediu pro Pedro cantar em cima isso: virou o bonde do rolê um mês depois

Bezzi: De onde saiu o nome, bonde do rolê? Foi alguma homenagem?

Bonde do Rolê: Foi uma homenagem ao Lanches Rolê, uma lanchonete tosca perto da casa dos meninos.A gente sempre ia comer por lá

Bezzi: Com a atenção dada a vocês e ao Cansei de Ser Sexy, você acha que isso é um reflexo do público que cansou da seriedade das bandas indies?

Bonde do Rolê: Acho que a cena indie ( não só a brasileira) anda uma bela duma bosta, então qualquer coisa um pouquinho diferente e mais irreverente chama a atenção.

Bezzi: Quais são os funkeiros e mcs que inspiram vocês?

Bonde do Rolê: MC sir Mike Patton, MC Courtney love & MC Bon Jovi.

Bezzi: O bonde tem alguma coisa a ver com o Cansei de Ser Sexy? Vocês também cansaram de ser sexy?

Bonde do Rolê: Não, elas cansaram, a gente nunca foi!

Bezzi: Qual é o futuro do funk carioca no mundo.

Bonde do Rolê: Nenhum, provavelmente. Só Deus sabe.

Bezzi: No Brasil, tem algum artista ou banda que promete?

Bonde do Rolê: Caxabaxa, Jumbo Elektro, Bonde do Pantera, Twikle Tones, Bonde das Impostoras & Ewerton Assunção.

Bezzi: Será que os gringos vão entender a mensagem do bonde?

Bonde do Rolê: A gente tem mais fã na gringa do quê no Brasil, acho que eles entenderam sim!

Bitsmag