Fofoca fashion interplanetária

Bitsmag

carine_wintour.jpg

Anna Wintour será substituida por Carine Roitfield na Vogue America. Será?

carine_wintour.jpg

Anna Wintour será substituida por Carine Roitfield na Vogue America?

Os rumores são fortes e já estão se espalhando pela internet: Anna Wintour, a toda poderosa editora da Vogue América, a revista mais influente do mundo fashion, será finalmente substituida por Carine Roitfeld, editora da Vogue francesa. A substituição aconteceria imediatamente após o réveillon. Ainda no meio dos rumores está a partida de Anna Wintour para o império LVMH de Bernard Arnault, como diretora criativa.

A fofoca tem sido atribuida a pessoas que trabalham na Condé Nest que publica a Vogue nos Estados Unidos. A temida Wintour, que ganhou recentemente o prêmio OBE (Order of the British Empire) por sua contribuição à moda e ao jornalismo inglês nos Estados Undos, destratou uma jornalista recentemente: ela havia ousado tocar no assunto.

A causa da saída de Anna Wintour da Vogue, segundo os rumores, seria o salário milionário da editora, em torno de 2 milhões de dólares anuais. Esse fator é que está pesando, ao lado dos resultados das vendagens da Vogue em 2008, que  diminuiram, bem como as de títulos também editados por Anna Wintour para a Condé Nast como a Vogue Homem, cuja publicação acaba de ser cancelada.

Num macabro movimento de “a vida imita a arte” a verdadeira história de Anna Wintour pode ou não acabar como a de Miranda Priestly que acabou tendo sorte no enredo de O Diabo Veste Prada e acabou vencendo a concorrência e mantendo seu cargo na revista.

Carine Roitfeld, que ficaria no lugar de Anna Wintour, é moderna e arrojada e pode conferir à publicação um novo estilo.

Bitsmag