A vida sexual dos besouros

Bitsmag

lights-interpol.jpg

Lights: Veja o curta de Charlie White para o novo single do Interpol

lights-interpol.jpg

Lights: Veja o curta de Charlie White para o novo single do Interpol

O Interpol fez este ano um retorno bastante elogiado com seu quarto álbum que leva o próprio nome da banda. A música de trabalho, Lights, já está disponível para download desde abril e o clipe acaba de ser lançado, junto com o álbum.

Lights é um curta na verdade, dirigido por Charlie White.  O tema é uma reflexão surreal sobre os feromônios de um besouro fêmea. Sim, isso mesmo… White contou à revista Dazed & Digital (braço na internet da Dazed & Confused) que a ideia surgiu de um recorrente interesse pelos feromônios nos insetos. Eles são catalisadores de muita coisa em suas vidas, como alertar outros insetos a ficarem afastados ou chamar o sexo oposto para a procrição. O besouro foi o ponto de partida criativo do vídeo e um complemento à predominância do preto na estética do Interpol. O besouro virou a musa e daí surgiram as idéias para cenários, guarda-roupa e a cartela de cores.

Este é o segundo clipe que Charlie White dirige para o Interpol. No entanto, diretor e banda nunca se encontraram pessoalmente. O artista, que também é fotógrafo, busca inspiração em artistas como Bruce Nauman (videoarte), Tony Smith ou Balthus e é obcecado com a ideia de sexo e morte. A chave de sua temática é a tensão: visual, cultural e libidinal.
 
Marjan Malakapour é responsável pelo guarda-roupa do vídeo. A produtora de moda, de Los Angeles, é uma das mais requisitadas para shows e clipes e já criou o figurino de Beyonce, Shakira e Smashing Pumpkins. Para o clipe do Interpol ela parte de fetiches de poder e sensualidade para produzir um figurino que usa basicamente materiais como borracha e PVC.

 

Interpol – Lights from Mmmatze on Vimeo.

Bitsmag