Nua no centro de Dallas

Bitsmag

badu.gif

Erikah Badu pode ser processada por conta de seu novo clipe, Window Seat 

badu.gif

Erikah Badu pode ser processada por conta de seu novo clipe, Window Seat

O primeiro clipe do novo álbum de Erikah Badu está dando o que falar. Aconteceu o que pode ser considerado o sonho de qualquer marqueteiro, mas pode também dar uma grande dor de cabeça para a artista. O clipe Window Seat , do album New Amerykah Part Two: Return of the Ankh, que é filmado como um único plano sequência no centro de Dallas, bem na área onde John F. Kennedy foi assassinado, tem cena da cantora nua, andando pelas ruas em plena luz do dia.

A cantora poderá ser processada por conduta indevida por andar sem roupa em Dealey Plaza. A informação foi dada pelo departamento de polícia de Dallas.  Uma senhora registrou uma queixa de indecência na polícia, após testemunhar a cantora tirando a roupa no meio da rua na frente de seus dois filhos pequenos. No entanto não é exatamente a queixa por atentado ao pudor que deve levar Badu a se explicar para as autoridades. A produção do clipe deveria ter conseguido uma permissão especial do escritório oficial de eventos de Dallas para poder gravar naquele lugar e naquela hora e, para conseguir essa autorização, deveriam dizer o que seria filmado ali, que partes da cidade sairiam nas imagens e que tipo de controle de tráfego eles deveriam utilizar.

Window Seat , dirigido pelos diretores Coodie e Chike, mostra Erikah Badu em cena ao reverso. Num único plano sequência e de trás pra frente, o vídeo mostra a cantora sendo assassinada. Coodie e Chike disseram em entrevista à MTV americana que Erikah estava pronta para ser presa e que ela realmente queria fazer esse ato político.

O clipe só pode ser visto no site oficial de Erikah Badu e já foi retirado do You Tube

Bitsmag