Digitaria lança primeiro CD em S.Paulo com apresentação no D-Edge

Bitsmag

Digitaria lança primeiro CD em S.Paulo com apresentação no D-Edge
Por Guilherme Sorgine

Em uma era em que os computadores cada vez mais caminham de volta ao underground, e os humanos parecem estar retomando as rédeas do processo, Digitaria chega às lojas fazendo uma agradável ponte entre o orgânico e o robótico e, com muita classe, se firma entre os melhores lançamentos do ano no estilo.

Primeiro trabalho deste quarteto homônimo de Belo Horizonte, o álbum transita com classe entre o rock, o techno e o electropop de grupos como Air e Phoenix. É digital, mas não deixa de ser orgânico; melódico, sem deixar de ser eletrônico; pode lembrar Depeche Mode (Dogon), ou por vezes The Cure (Syn); mas, acima de tudo, contém 13 espécimes de boa música, que transcendem qualquer rótulo. Talvez um pouco mais sofisticado do que as FMs nacionais possam suportar, mas decerto um prato cheio para clubbers menos radicais e amantes de música em geral.

O grupo é ainda o primeiro do Brasil a integrar o cast da prestigiosa gravadora alemã International Deejay Gigolo, tendo sido convidado pelo próprio DJ Hell (dono do selo, além de ser ele próprio um Superstar DJ) para figurar ao lado de nomes como Miss Kittin e Ficherspooner, o que por si só já o credencia para vôos mais ambiciosos. É esperar para ver.

Bitsmag