“O Escafandro e a Borboleta” de Julian Schnabel

Bitsmag

escafandro_borboleta.jpg

O Escafandro e a Borboleta: Filme conta a história de editor da Elle francesa e vem bem cotado na corrida ao Oscar 2008 – veja o trailer

escafandro_borboleta.jpg

O Escafandro  a Borboleta (The Diving Bell and the Butterfly) deu a Julian Schnabel o prêmio de melhor direção no festival de Cannes 2007, além do Globo de Ouro 2008 de melhor direção e o Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro. O artista plástico dirigiu anteriormente Basquiat – Traços de Uma Vida e Antes do Amanhecer. O burburinho logo após a premiére era de que este é um dos mais fortes candidatos à estatueta do careca de ouro em 2008.

O filme, que foi exibido no Rio de Janeiro no Festival do Rio, conta a história verídica de Jean-Dominique Bauby, editor da revista Elle francesa. Ele sofreu um derrame aos 43 anos e ficou totalmente paralizado e se comunicava apenas piscando o olho esquerdo. Quem interpreta Bauby é Mathieu Amalric (Munique) no elenco que tem ainda Emmanuelle Siegner e Marie-Josée Croze.

O Escafandro  a Borboleta, que é baseado no livro homônimo escrito por Jean-Dominique Bauby, foi todo rodado na França e é falado em francês. No entanto o diretor, que nasceu nos Estados Unidos, pretende inscrevê-lo como um filme americano, ao invés de fazê-lo concorrer na categoria “melhor filme estrangeiro”. A distribuição é da Miramax.

A estréia em N.York, no Ziegfield Theatre, reuniu a nata do cinema e das artes da cidade e gente como Chlöe Sevigny e Adrian Brody. 

Veja o trailer:

{youtube}1yhXcjaz1E0{/youtube} 

Bitsmag