Zoo York e G-Unit

Bitsmag

zoo_york.jpg

Zoo York e G-Unit: Duas marcas internacionais de street wear aportam no Brasil

zoo_york.jpg

Duas marcas internacionais de street wear aportam no Brasil

Zoo York e G-Unit, duas marcas americanas de street wear, acabam de aportar no Brasil, representadas pela The Brand’s Company. A G-Unit é resultado da parceria do rapper 50 Cent com Mark Ecko e existe lá fora desde 2003. Para a estréia da marca no Brasil foi criada uma coleção especial, com fabricação no país de 200 ítens entre roupas e acessórios femininos e masculinos. O público alvo da G-Unit tem entre 16 e 26 anos e é interessado em rap, hip-hop e graffiti.

A Zoo York já existe no exterior desde 1993, fundada pelos skatistas americanos Rodney Smith, Eli Morgan Gessner e Adam Schatz. Zoo York é na verdade o nome de um movimento underground novaiorquino que existiu nos anos 70 e 80. O Zoo York é a subcultura do graffiti de pioneiros como ALI, FINE, KITE (também conhecido como CRUNCH) e ACEY (também conhecido como SIE-1) além de  SAMO, apelido da fase de grafiteiro do artista plástico Jean-Michel Basquiat. ALI (Marc André Edmonds, também conhecido como J. Walter Negro), foi quem cunhou o termo Zoo York, fazendo uma brincadeira com o povo de N.York que, como os animais do zoológico do Central Park, vivem aprisionados em pequenos apartamentos, escritórios mínimos ou em vagões do metrô.
Zoo York passou a definir todo o movimento de graffiti e skate da N.York dos anos 70 e 80 e, com a morte de ALI em 1990, o termo foi amplamente utilizado, muitas vezes de forma oportunista.

A marca Zoo York conseguiu conferir autenticidade a seus produtos e foi imediatamente aceita por seu público, configurando-se como uma das maiores grifes de street wear e skate wear dos Estados Unidos e a principal da costa leste.

Veja um viral da Zoo York:

{youtube}tmx8jnWMnTA{/youtube}

Bitsmag