Uma Prada no meio do nada

Bitsmag

prada marfa

Artistas alemães criam loja da grife no interior do Texas

prada marfa-materia

Artistas alemães criam loja da grife no interior do Texas

Uma loja da Prada no meio do nada? Na rodovia US-90, na ínfima cidade de Marfa, no noroeste do Texas, uma pequena loja da Prada está fincada no meio do campo, em estrada de terra, com absolutamente nada em volta, apenas uns ocasionais animais que vivem por perto, como cavalos ou vacas. É intrigante, para dizer o mínimo. Chegando perto dá para ver que a loja exibe sapatos e bolsas legítimos, e eu digo legítimos mesmo, não cópias chinesas perfeitas. No entanto não tem ninguém para vender.

Miuccia Prada, ela mesma, não só permitiu o uso de sua marca, como também forneceu os sapatos e bolsas que ficam expostos permanentemente na instalação Prada Marfa, dos artistas alemães Michael Elmgreen e Ingar Dragset. Montada com recursos da associação Art Production Fund com patrocínio de comerciantes locais, os artistas criaram a obra a convite, depois que fizeram uma bem humorada crítica ao movimento de gentrificação do SoHo, em N.York, quando muitas galerias de arte foram se mudando para o bairro de Chelsea pois os alugueis estavam ficando caríssimos, a maioria pagos por grandes lojas de grifes. Numa galeria os artistas colocaram um cartaz dizendo: “em breve uma loja da Prada”.

A ideia era deixar a Prada Marfa sem manutenção, ou seja, depois de inaugurada a instalação ficaria ali à mercê do tempo e de possíveis vandalismos. No entanto, três dias depois da estreia da obra, em outubro de 2005, a Prada Marfa foi invadida, saqueada e pichada e os artistas acabaram fazendo o reparo. Hoje as bolsas não têm fundo e escondem um sistema de alarme que avisa a polícia sobre ataques.

Entenda mais sobre a dimensão e o fascínio de uma das mais cultuadas marcas da atualidade – participe do Concurso Cultural Bitsmag – agosto 2012 e ganhe um livro sobre a história da Prada

Bitsmag