Isabella Rossellini volta à Lancôme aos 65

Bitsmag
Isabella Rossellini volta à Lancôme aos 65
Isabella Rossellini sem retoques

Eterno rosto da marca, modelo foi demitida por ser velha quando tinha 40 anos

Após 23 anos ela está de volta. Depois de ser vítima da discriminação de idade no mundo dos cosméticos, Isabella Rossellini, o eterno rosto do Lancôme, volta aos anúncios da marca. Poucos dias depois de seu aniversário de 40 anos ela foi demitida quando na época era a modelo mais bem paga do mundo. Agora, aos 63, ela volta triunfal e à mesma grife. 

Ela vai aparecer em algumas campanhas como do produto Rénergie Multi-Glow, uma versão do mesmo creme de décadas atrás, o qual ela própria ajudou a vender, e muito.  Preconceito de “velhice” se chama ageism nos Estados Unidos e foi isso que aconteceu com ela na época. A desculpa do chefe de marketing na época, um homem, foi de que propaganda teria a ver com sonho e todas as mulheres sonham em serem jovens, portanto não haveria espaço para quem tem mais de 40 anos.

Hoje a Lancôme tem outras diretrizes de marketing, com uma mulher como chefe da matéria. As campanhas são bastantes inclusivas. Lupita Nyong’o, Penelope Cruz e mesmo Julia Roberts, que tem 50 anos, não figurariam neste elenco há 23 anos. 

Bitsmag