Em semana de exposi??o de vacas no Rio revista Playboy lan?a edi??o de ?jornalista? pelada

Bitsmag

Numa manobra bastante “inteligente” a revista Playboy e a “jornalista” Mônica Veloso lançam este mês nas bancas do país a bunda  da aqui referida, nua em pelo na capa e nas páginas centrais, que ficarão visíveis para todos os otários brasileiros que quiserem rir de si própros. A bunda e outros atributos foram utilizados pela “jornalista” para conseguir enfiar um “boneco” no senador alagoano e assim conseguir arrecadar fundos de nossos impostos para se sustentar. Sim, ela e aquela bunda durinha (obviamente retocada com muito Photoshop), se mantém altiva e faceira às custas de nossos impostos…

A região calipígia da referida “jornalista” também lhe rendeu a fama e hoje ela dá “entrevista coletiva”, preparada para responder perguntas sobre o último capítulo da novela que lhe fez uma alusão. Maldito Gilberto Braga: achou que estava fazendo piada com a “jornalista” amante do senador nordestino, mas está mesmo é ajudando esta gente a rir da nossa cara. Depois da coletiva para veículos brasileiros a “jornalista” conversa com o jornal argentino Clarin, para conseguir fazer com que os argentinos também morram de rir da nossa cara de otários brasileiros.

A tal “fama” da jornalista pelada não veio trabalhando durante 10 anos na TV Globo. O que ela fazia lá então, servia café? Porque trabalhar numa rede de TV de importância mundial como a Globo durante 10 anos e conseguir passar despercebida exige muita inépcia.

O que não dá é a revista Playboy resolver rir de todo e qualquer brasileiro que passe por uma banca de revistas e agora é obrigado a olhar pra essa perua inútil pelada. É por isso que conclamo todos vocês a BOICOTAREM A REVISTA PLAYBOY.

Se você é um adolescente espinhudo, um velho horroroso E NOJENTO como o Renan Calheiros ou qualquer outra criatura que não pega ninguém mantenha, ainda assim, sua dignidade. No máximo pirateie a revista, faça um Xerox colorido, mas de maneira nenhuma compre esta porcaria.

 

Bitsmag