Tarantino em ritmo de caçada automobilística

Bitsmag

deathproof.jpg

À Prova de Morte é o novo filme de Quentin Tarantino e foi produzido junto com Planeta Terror, de Robert Rodriguez. Os dois filmes formam o épico Grindhouse, uma homenagem aos filmes de terror e aos filmes de ação dos anos 70. Tem muito de Carrie a Estranha e muito dos filmes de Burt Reynolds na estética, que enfatiza e estiliza defeitos e ruídos de imagem, como se o filme tivesse realmente sido produzido na época.

Rosário Dawson, Rose MacGowen e Kurt Russell estrelam À Prova de Morte. O diretor introduz vários atores desconhecidos, em personagens que dividem a cena em igual importância . A ênfase é nas garotas gostosas e duronas, uma constante nos filmes de Tarantino. O universo dos dublês de cinema é pano de fundo para a história de Stuntman Mike, interpretado por Kurt Russell. Stuntman Mike é um dublê que vaga pelas estradas dos Estados Unidos à procura de garotas, a bordo de seu carro que é “à prova de morte”, já que é um modelo modificado e especial para filmagens de grandes caçadas automobilísticas.

O filme divide-se em dois momentos distintos, onde na primeira parte se vê uma estética bem dark, bem no estilo de filmes de terror dos anos 70. Já a segunda parte é uma homenagem declarada ao mundo dos dublês e os enlouquecidos pegas de carros de filmes como Canonball Run. Um dos personagens é Zoe Bell, a neo-zelandeza que foi dublê da série de TV Xena – A Princesa Guerreira. Zoe vive ela própria em À Prova de Morte e faz cenas absolutamente inacreditáveis no filme. Não vou dizer quais são pra não estragar a surpresa, mas uma coisa eu conto: Zoe fez todas as cenas de luta de Uma Thurman em Kill Bill I e II. Em À Prova de Morte ela interpreta ela própria, onde dublê vira personagem principal em cenas com muita ação, sensualidade, estilo e trilha sonora de primeira, marca registrada de Tarantino.Tarantino em ritmo de caçada automobilística

À Prova de Morte
está em cartaz na 31a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Bitsmag