Originais do Joy Division estarão à venda na web

joydivision-reels

Engenheira de som da banda não quer mais cuidar das fitas velhas

joy division

Engenheira de som da banda não quer mais cuidar das fitas velhas

Os fãs do Joy Division, a banda do atormentado Ian Curtis, morto precocemente em 1980, podem finalmente ter alguns momentos de alegria mesmo que esse sentimento não combine muito com o estilo da banda. Mais de trinta gravações originais, não só do Joy Division como também de bandas seminais dos anos 80 na cena de Manchester, foram resgatadas e serão colocadas à venda na internet.

Julia Adamson, engenheira de som e integrante da banda The Fall, foi assistente do produtor Martin Hannett e é a responsável por trazer esse tesouro à tona, contendo gravações de Duritti Column, Furs,  Joy Division, New Order e da banda Magazine (que não é a homônima brasileira com Kid Vinyl como vocalista).

O produtor Martin Hannett, morto em 1991, foi engenheiro de som e produtor da cena de Manchester, além de um dos colaboradores essenciais da Factory Records de Tony Wilson. Hannett produziu os dois álbuns do Joy Division e Movement, do New Order.

Nessas gravações estão músicas que ficaram de fora dos álbuns dessas bandas, além de masters do produtor, como a do antológico Unknown Pleasures. O burburinho na internet diz ainda que Julia Adamson, hoje diretora do selo Invisible Girl, entrou em contato antes com as bandas mas ninguém se interessou pelas fitas que contém gravações datando do início da década de 80 e estão muito velhas, em vias de deteriorar-se.

Ouça Unknown Pleasures na íntegra:

Deixe um comentário:

Deixe um comentário:

comments

Powered by Facebook Comments