Memóriasde um skinhead: Repórter se infiltra entre skinheads espanhois

Bitsmag

thumb_8576652013

Repórter espanhol consegue entrar em grupo de skinheads ultra violentos na Espanha

8576652013

Um ano disfarçado na pele de um skinhead, infiltrado no movimento neonazista, Antonio Salas – pseudônimo por trás do qual se esconde um famoso jornalista investigativo espanhol – revela, sem escrúpulos, o orgulho e os sentimentos de ódio dos neonazistas, os atos violentos dos quais participam, sua ligação com as torcidas de futebol e suas alianças com grupos internacionais. É uma autêntica confissão de quem conseguiu, pela primeira vez, infiltrar-se, sem levantar suspeitas, em um grupo tão perigoso que não perdoa nenhum deslize. Armado de uma câmara escondida e protegido por uma falsa identidade, construiu um personagem suficientemente convincente para ganhar a confiança de seus “iguais” e viver a terrível realidade dos skinheads.

Bitsmag