Masters of Sex estreia no Brasil

Bitsmag

masters-of-sex

Seriado polêmico sobre os criadores dos relatórios Masters&Johnson está na grade de outubro do canal HBO

Masters of Sex- cover with Lizzy and Michael.aspx

Seriado polêmico sobre os criadores dos relatórios Masters&Johnson está na grade de outubro do canal HBO

Estaríamos vivendo uma nova era de ouro da TV? A frase foi dita por várias pessoas durante a premiação do Emmy 2013, o maior troféu da TV americana que aconteceu no último domingo em Los Angeles. Sem dúvida nunca na história da TV se viu tanto talento em plena ebulição. A festa do Emmy 2013 mostrou que a indústria audiovisual americana está desbravando novos caminhos e passa por um dos momentos mais criativos de todos os tempos, seja do ponto de vista do talento artístico como também do lado da inovação de meios. A presença do canal de streaming Netflix entre os produtores de séries indicadas é o maior exemplo dessa enorme revolução pela qual passa a TV hoje.

Este ano concorreram seriados com visões sofisticadas e que fogem aos clichês em assuntos como política (House of Cards, Scandal, Homeland, Newsroom e Veep) e seriados que encaram de frente assuntos controversos como as drogas (Breaking Bad) e o homossexualismo (Orange is the New Black, Modern Family). A onda de talento renovado, experimentação e aposta em produtos sofisticados vai continuar na nova temporada da TV americana que está começando este mês nos Estados Unidos com estreias que também acontecem no Brasil.

Um seriado novo que já está causando polêmica antes mesmo de estrear é Masters of Sex. A série estreia este domingo, 29 de setembro, nos Estados Unidos no canal Showtime, produtor do programa e de seriados igualmente polêmicos como Californication. No Brasil estreia na HBO dia 7 de outubro.   

Masters of Sex conta a história verdadeira do médico William Masters, interpretado por Michael Sheen (A Rainha, Frost/Nixon). Em parceria com a psicóloga Virgínia Johnson, interpretada por Lizzy Caplan (True Blood, Party Down), o médico elaborou os relatórios Masters&Johnson, editados nos anos 60 e que estão entre os mais importantes documentos de investigação científica e laboratorial sobre o ato sexual. Os críticos que já assistiram alguns episódios do seriado afirmam que, apesar do assunto, Masters of Sex é inovador, audacioso e realista.

Bitsmag