Lars Von Trier interativo

Bitsmag

Lars Von Trier

Controverso diretor dinamarquês prepara novo filme e quem vai fazer as imagens é o público

lars-von-trier-fu-cannes

Controverso diretor dinamarquês prepara novo filme e quem vai fazer as imagens é o público

Ele nunca passa despercebido. O diretor de cinema dinamarquês Lars Von Trier é responsável por uma tentativa de revolução cinematográfica nos anos 90 que atende pelo nome de Dogma 95 e que pretendeu retomar a pureza da sétima arte despindo a produção de requintes como trilha sonora, efeitos especiais e iluminação. Seus filmes são sempre controversos como O Anticristo que mostra uma cena de mutilação genital. Atores nem sempre ficam contentes depois de filmarem com ele. A cantora Björk disse que sua participação em Dançando no Escuro foi a primeira e última vez que trabalhou como atriz já que sua experiência sob a batuta do diretor foi traumática. Kristen Dunst não chegou a reclamar das filmagens de Melancolia, filme pelo qual recebeu o prêmio de melhor atriz em Cannes em 2011. Mas com certeza a atriz norte-americana vai pensar duas vezes se deve aceitar um novo convite de Lars Von Trier já que na hora de divulgar o trabalho a coisa pode engrossar. Dunst ficou com cara de tacho e sem saber o que dizer quando numa coletiva de Melancolia no Festival de Cannes Lars disse que simpatiza com Hitler. Por seus comentários ele acabou banido do festival.

A nova empreitada do dinamarquês controverso não deixa de ser revolucionária e busca um encontro direto com seus fãs e admiradores, cineastas em potencial. Num projeto criado por ele, o concurso Gesamt, em parceria com o Festival de Artes de Copenhague, um filme será dirigido pela assistente do diretor, Jenle Hallund, composto por trabalhos enviados pelos participantes. A ideia é criar uma cacofonia de imagens para provar que a condição humana é maior que o poder e o lucro. Gesamt vem da palavra alemã gesamtkunstwerk que quer dizer “obra de arte universal”.

Quem quiser participar deve enviar sua proposta em forma de imagens ou sons pela web ou em DVD pelo correio. Os participantes podem enviar vídeo, animação ou trilha sonora e cada projeto inscrito deve ter duração de até cinco minutos e inspiração em pelo menos uma das seis obras de arte propostas no regulamento como um dos capítulos de Ulysses, de James Joyce; um vídeo de Sammy Davis Jr.; um dos atos da peça O Pai do draumaturgo sueco August Strindberg; a pintura de Paul Gauguin De onde viemos? Quem somos? Para onde vamos?; uma sonata para violino e piano de César Franck ou ainda um monumento de Albert Speer, o principal arquiteto da Alemanha nazista, o estádio Zepellinfeld, em Nuremberg (esse é o Lars que conhecemos…).

As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de setembro e o produto final, composto pelas imagens escolhidas no concurso, será exibido em 12 de outubro no Kunsthal Charlottenborg em Copenhague. Originalidade e entusiasmo são os ingredientes que serão avaliados e não as habilidades técnicas dos participantes, afinal este é um concurso que vai ser julgado pelo criador do Dogma 95.

Para inscrever-se no concurso Gesamt de Lars Von Trier clique aqui

 

Bitsmag