Fortes Vilaça comemora 10 anos em galpão da Barra Funda

Bitsmag

Alexandre Gabriel e Márcia Fortes

Com presença de alguns dos maiores nomes das artes plásticas brasileiras, festa permaneceu animada até o amanhecer

A galeria Fortes Vilaça, um dos maiores nomes em arte contemporânea no Brasil, completa 10 anos em 2011 e comemorou a data em grande festa em seu galpão da Barra Funda, em São Paulo.

A noite foi memorável, com pista animada a cargo do DJ Edu Corelli que fez um set hiper abrangente que incluiu MPB, passou pelo rock e desaguou na disco. Não teve quem conseguisse ficar parado. Artistas como Ernesto Neto, Beatriz Milhazes, Rodolpho Parigi, Marcos Chaves e Luiz Zerbini se esbaldaram na comemoração que teve ainda presença do ex-candidato à presidência José Serra, o publicitário Washington Olivetto, a apresentadora Marina Person, o arquiteto Edu Chalabi e os galeristas Mariana Martins e Baixo Ribeiro (Choque Cultural).

A produção de Marcos Farinha conseguiu conferir ao espaço um ar de sofisticação e informalidade, ao mesmo tempo. No jardim dos fundos do galpão, além do bar, colocaram um jogo de pebolim que foi um sucesso retumbante. Até mesmo um sósia de Terry Richardson arriscou algumas tacadas a gol.

A jornalista e curadora Márcia Fortes, sócia da Fortes Vilaça ao lado de Alessandra Ragazzo d’Aloia, estava grávida e nem por isso deixou de dançar a noite toda, evoluindo na pista com seu impagável barrigão, sempre ao lado de Alexandre Gabriel que, no final da festa, quando Corelli já estava completamente esgotado após um set de cerca de cinco horas, assumiu as carrapetas fazendo o povo dançar ainda mais um pouco, até o amanhecer.

Quem também se esbaldou na pista foi o britânico Cerith Wyn Evans que estava com uma instalação na Fortes Vilaça da Vila Madalena.

 

Bitsmag