Andy Warhol e sua caixa de sabão em pó


Andy Warhol e sua caixa de sabão em pó

Colecionadora de arte faz documentário sobre ascensão da obra Brillo Box

Um novo documentário sobre Andy Warhol lança um olhar diferente sobre a meteórica ascensão do príncipe da arte pop. A diretora Lisanne Skyler é filha de colecionadores de arte que adquiriram em 1969 uma das caixas de sabão em pó que Warhol lançou como arte. A obra, uma Brillo Box, custou 1000 dólares na época e foi vendida 31 anos depois, em 2010, pela bagatela de 3,3 milhões de dólares num leilão da Christie’s.

Nessa jornada a obra Brillo Box passou apenas dois anos na casa de Skyler. Foi trocada por uma obra de um artista novo que não vingou e posteriormente passou pelas mãos de grandes nomes do mecenato das artes como Charles Saatchi e Robert Shapazian da galeria Gagosian.

Trinta anos após a morte de Andy Warhol o filme traz uma perspectiva diferente sobre sua obra num filme divertido que traz bastante informação para quem é aficcionado pelo colecionismo de arte e também para os curiosos sobre o assunto.

O filme une as memórias da diretora e conversas com seus pais a entrevistas com especialistas na obra de Andy Warhol, como Eric Shiner, ex-diretor do Museu Andy Warhol, a leiloeira Laura Paulson, da Christie’s e o crítico de arte Irving Sandler, entre outros.

Brillo Box (3c Off) é uma produção da HBO e ainda não tem data para estreia no Brasil.

Deixe um comentário:

comments

Powered by Facebook Comments