Adriana Varejão leva Polvo a Dallas

Bitsmag

Segunda exposição solo da artista nos Estados Unidos estreia em setembro

Uma das mais bem cotadas artistas plásticas brasileiras, Adriana Varejão inaugura em setembro sua segunda individual em solo americano. O museu Dallas Contemporary exibe até dezembro a mostra Kindred Spirits com trabalhos que se inspiram numa pesquisa que a artista fez com tribos indígenas norte-americanas. As influências e fontes usadas nos trabalhos de Kindred Spirits vão de formas geométricas usadas por povos indígenas da Amazônia a resultados da pesquisa realizada na divisão de arqueologia e etnografia da Universidade de Harvard, o trabalho do retratista americano George Catlin, além do minimalismo de Donald Judd e Agnes Martin.

Estes trabalhos que serão mostrados em Dallas fazem parte da série Polvo, uma reflexão sobre raça e hierarquia no Brasil. A mostra tem curadoria de Pedro Alonzo, curador adjunto do museu Dallas Contemporary.

Adriana Varejão leva Polvo a Dallas

Bitsmag