Escritora Francesa Fred Vargas debate sobre o terrorista Cesare Battisti

Bitsmag

battisti-cesare.jpg

Livraria da Travessa do Shopping Leblon, no Rio de Janeiro, promove debate sobre Cesare Battisti

battisti-cesare.jpg

(por:divulgação)

Livraria da Travessa do Shopping Leblon, no Rio de Janeiro, promove debate com escritora francesa Fred Vargas

A parisiense de 51 anos, Fred Vargas (pseudômino da historiadora e arqueologista Frédérique Audoin-Rouzeau), é conhecida por seus romances, os policiais mais populares do mundo, que já venderam mais de 6 milhões de exemplares.
 
Fora isso, ela é uma das ferrenhas defensoras de Cesare Battisti, o ex-ativista italiano, preso no Brasil em 2007 e que agora teve concedido pelo governo brasileiro o status de refugiado político. Apesar disso, continua preso, já que o Supremo Tribunal Federal ainda não decidiu se arquivará ou não o processo de extradição. Decisão esta que gerou forte reação da Itália.
 
Ela, juntamente com Dorothée de Bruchard, tradutora da autobiografia de Cesare publicada pela Martins Editora, Minha fuga sem fim (286 pp./R$ 47,30), e Maria Luiza Fontenele, fundadora do Movimento Feminino pela Anistia no Ceará e ex-prefeita de Fortaleza, participam de um debate sobre a obra e história de Battisti.
 
Vargas, que assina o posfácio da obra de Cesare, enfatiza que “tem sido um longo caminho, o ‘Caso Battisti’, para ele uma provação indescritível, e, para todos os que vêm seguindo esta estrada, uma andança difícil, pontuada de esforços e desilusões”. Ela disse, em entrevista ao Le Monde, que nunca defendeu a luta armada, mas defende Battisti porque seu processo foi irregular do início ao fim.

Battisti em debate
Com Fred Vargas e Maria Luiza Fontenele, fundadora do Movimento Feminino pela Anistia no Ceará e ex-prefeita de Fortaleza
Dia: 27 de março de 2009
Horário: 18h
Livraria da Travessa – Shopping Leblon
End.: Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205 A
(21) 3138-9600
 

Bitsmag