Adote um ninho de arara-azul!


pt3_a

Após 25 anos de trabalho de preservação espécie sai da lista de animais ameaçados de extinção

Popularizadas pela belíssima franquia de animação Rio as araras-azuis estavam na lista de animais ameaçados de extinção. Beneficiadas por um trabalho de 25 anos realizado pelo Projeto Arara Azul e a Fundação Toyota do Brasil, as “ararinhas” acabam de sair da lista fatal. Enquanto no final dos anos 80 não se contabilizavam mais de 1500 indivíduos, hoje estima-se que existam cerca de 5 mil aves da espécie no Pantanal (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Bolívia).

O desmatamento do habitat natural das aves por conta da agropecuária e o tráfico ilegal foram os fatores que levaram à quase extinção das araras-azuis. Cerca de 10 mil aves foram levadas para o exterior por traficantes ilegais. Além disso a reprodução das aves é complicada, um filhote nasce a cada dois anos.

A iniciativa de preservação consiste em monitoramento de aproximadamente 3 mil aves em 599 ninhos registrados por 57 fazendas da região do Pantanal, algumas de difícil acesso. O apoio da Fundação Toyota do Brasil é crucial nesse trabalho fornecendo picapes Hilux 4X4 ao Projeto Arara Azul.

arara_a“Estamos muito felizes em fazer parte desta conquista, mas sabemos que os estudos não podem parar. Para realmente mantermos a conservação é preciso continuar estudando as relações biológicas, as interações ecológicas e a dinâmica do meio em que vivemos” lembra Neiva Guedes, bióloga responsável, idealizadora do Projeto Arara Azul e professora doutora do Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional da Universidade Anhanguera-Uniderp.

Para proteger a espécie e reforçar a conservação da biodiversidade pantaneira, o Instituto Arara Azul lançou a campanha “Adote um Ninho”. Voluntários que queiram doar para a campanha podem apadrinhar ninhos de arara-azul. Ao fazer o processo de adoção, os padrinhos passam por um curso preparatório no qual aprendem sobre o monitoramento dos ninhos naturais e artificiais e sobre o relatório periódico do comportamento e desenvolvimento dos filhotes/afilhados.

Quando nasce um filhote de arara-azul o padrinho pode batizá-lo. Este filhote é acompanhado até o momento de seu vôo e recebe uma anilha com numeração exclusiva, além de um microchip. Um Certificado de Adoção é encaminhado ao padrinho com um relatório.

Alguns padrinhos célebres: Ziraldo, Carlos Saldanha, Chitãozinho e Xororó, Luan Santana, Michel Teló, Gabriel Sater e Almir Sater.

Adote um ninho de arara-azul. Para apoiar o Projeto e o Instituto Arara Azul seguem as informações de contato:

E-mail: projetoarararaazul@gmail.com
Fanpage: www.facebook.com/ProjetoAraraAzul
Telefone: 67-3222-1205
Horário de atendimento: 8h – 11h / 13h – 17h

Confira o trabalho do Projeto Arara Azul e da Fundação Toyota do Brasil na preservação da arara-azul:

 

Deixe um comentário:

comments

Powered by Facebook Comments