Tikiphiles do Rio se encontram na 1a ULTRA TIKI

Bitsmag

ultratiki01.jpg

Tikiphiles do Rio se encontram na 1a ULTRA TIKI

tikieflyer2.jpg

A primeira ULTRA TIKI foi realmente um sucesso. O GIG, bar e clube de Ipanema, recebeu a primeira edição da festa que se tornou uma sede da cultura tiki no Rio. Esta primeira edição, que aconteceu dia 4 de novembro, foi marcada pela exibição do documentário TIKIMENTARY, de Duda Leite, um tratado definitivo sobre tudo relativo à cultura tiki hoje. Aliás é o único documentário realizado até hoje no mundo sobre o assunto.

Os primeiros tikiphiles que chegaram vestidos na onda inspiradora da noite receberam de presente CDs de Walter Wanderley, o maior organista brasileiro e ídolo tiki. E os shots de Mai Tai preparados especialmente por Sandra Mendes como cortesia foram amplamente aceitos e saboreados pelos convidados.

Dois casais de tikiphiles se destacaram na noite da 1a ULTRA TIKI: Lia Amancio e Cid Mesquita e Ana Bandarra e Edu Vilamaior (baixista e vocalista da banda Canastra). Mais tarde Priscila Castro chegou parando tudo, com sua produção praia-tiki, que lembrou os bons tempos da lendária Yes Brasil, a grife de Simon Azulay que causava horrores nos anos 80. Ana Bandarra e Edu levaram o prêmio de melhor produção tiki e ganharam, além do CD de Walter Wanderley, um super drink tiki criado por Sandra e acomodado em um abacaxi (e não teve nada a ver com o troféu abacaxi do Chacrinha).

Duda Leite, atrasado por conta de seus compromissos como jurado do festival Curta Cinema, onde TIKIMENTARY está sendo exibido (hors concours), chegou trazendo toda uma entourage de convidados internacionais da mostra. Causou pencas, ele e seus convidados, o que inclui o simpaticíssimo produtor de cinema francês Jean Christophe Raymond.  Ailton Franco Jr, diretor do Curta Cinema, e Chiquinho Chic, encarregado da agenda social do evento, cairam na onda tiki junto com a turma de produtores da mostra que também terminaram a noite de quarta na ULTRA TIKI.

O DJ Dudu Candelot fez a seleção certa que embalou esta primeira edição da ULTRA TIKI, com muito lounge Exótica e pitadas de surf music. O promoter e também DJ Alberto Neto completou o quadro de convidados da festa com uma turma simpática e de cabeça aberta que logo entrou no clima de alto astral e bom humor kitsch e retrô da cultura tiki.


Bitsmag