Sabe o Skwee?

Bitsmag

flogsta_danshall.jpg 

Nova  batida da electronica vem da Escandinávia e está agitando as pistas européias

{youtube}-8xy3gNaRNc{/youtube}

Via DJmag.com 

Matéria e entrevista: Ben Murphy  

sqwee_pavan.jpeg

Os escandinavos estão dançando ao som de uma nova batida. Skwee é o novo estilo que está bombando as pistas de dança na Suécia e na Finlândia e agora está começando a se difundir.

O novo groove da electronica é impulsionado pelo selo Flogsta Danshall, dirigido pelo misterioso Pavan. Sua dedicação à “causa” tem feito com que outros entusiastas do gênero iniciem selos de Skwee por toda parte. A Djmag entrevistou Pavan para descobrir mais sobre o fenômeno:

Djmag.com: Para iniciar, o que vem a ser Skwee?

Pavan: Vem da cena de música eletrônica da Finlândia e da Suécia e é uma mistura de r&b e electro. Essa é uma forma de explicar como começou. É basicamente o r&b feito pelo povo da electronica. Saiu do meu selo (Flogsta Danshall), mas mesmo sem o selo haveria alguma cena. A cena aconteceria, mas não na mesma direção. É um grupo de amigos que entraram nessa onda ao mesmo tempo. Você pode ouvir os mesmos sons vindos de outras partes da Europa, mas o nosso movimento é mais concentrado e focado. De alguma maneira começamos a trabalhar junto e essa é provavelmente a diferença.

Djmag.com: Qual o tamanho dessa cena – existem muitos artistas?

Pavan: Existem outros selos pequenos, tem um novo chamado Temporarily Moron. Existem alguns outros bem novos que ainda nem lançaram nada ainda, mas estão para fazer isso logo. Basicamente o Flogsta Danshall é o mais importante no momento.

Djmag.com: Na sua opinião porque o Skwee veio da Finlândia e da Suécia?

Pavan: Apesar de eu ser sueco é fácil para mim falar da parte finlandesa da coisa. A cena eletrônica é bem forte na Finlândia e eles têm trabalhado independentemente da indústria da música a um bom tempo. Então, quando meu selo começou a vender alguns discos na Finalândia, a coisa toda começou a se tornar algo maior do que apenas uma forma alternativa de música eletrônica. Então o selo finlandês Harmönia começou.

Djmag.com: Que lançamentos você tem lá no momento?

Pavan: Acho que a compilação de Skwee escandinavo no selo Harmönia, que tem dois volumes em vinyl 12 polegadas. E o volume três deve sair em breve. E talvez os meus dois primeiros 7 polegadas do Flogsta Danshall, eles ditaram a direção desse tipo de música.

Djmag.com: Você acredita que esse estilo vai se difundir pelo resto do mundo?

Pavan: Acho que se você navegar nos perfis MySpace procurando o que as pessoas estão fazendo agora você vai ver pessoas trabalhando na mesma área. Alguns artistas britânicos como Rustie não estão longe disso, eles estão mixando com outras influências não muito diferentes do que nós estamos fazendo aqui. Existe uma cena na Espanha, mas principalmente na Escandinávia, no Reino Unido e alguns produtores alemães.

Djmag.com: O que vem por aí no selo Flogsta Danshall?

Pavan: Tenho dois novos 7 polegadas, e uma nova compilação com 18 produtores diferentes. A maioria é da Escandinávia, mais tem também um produtor francês e um do Reino Unido.

Links:

Página oficial do selo Flogsta Danshall

Página do Flogsta Danshall no MySpace

Página do selo Harmönia no MySpace 

Site Nation of Skwee – tudo sobre o gênero com muitos links 

Bitsmag