Comedoria Gonzales é destaque no Mercado de Pinheiros


Bitsmag
Comedoria Gonzales é destaque no Mercado de Pinheiros

Ceviche misto com marinada de manga e sagú (esquerda) e Huminta da Comedoria Gonzales

Ceviches e comida de boteco estão no cardápioComedoria Gonzales é destaque no Mercado de Pinheiros


Em São Paulo um dos melhores programas para quem gosta de comer é o renovado Mercado de Pinheiros. Seguindo a tendência dos grandes mercados gastronômicos como o Chelsea Market de N.York ou o Ferry Building Market Place de  São Francisco, o Mercado de Pinheiros está sendo gourmetizado. Para alguns isso é uma vantagem, para outros é a morte do mercado da forma como era conhecido desde 1910.

Com certeza para quem está visitando a cidade ou para qualquer paulistano apreciador da boa comida, é um ótimo passeio com algumas boas opções de cardápio. O mercado fica no Largo da Batata, com entrada pela rua Pedro Cristi. Apesar de menor que os dois mercados mais tradicionais da cidade, como o Mercado Municipal de São Paulo, também conhecido como Mercadão, ou o Mercado da Lapa, o de Pinheiros tem seu charme e para quem está em Pinheiros, Jardins ou Itaim é bem próximo. Com 39 boxes, além de espaços de venda de carnes, peixes, legumes, frutas e outros alimentos, estão se instalando alguns dos mais badalados chefs da cidade.

O pioneiro é o chef boliviano Checho Gonzales que já vinha colecionando experiência na feira O Mercado, um projeto de comida de rua que fez história e do qual ele foi um desbravador. No Mercado de Pinheiros ele instalou sua Comedoria Gonzales, em funcionamento há 1 ano e meio.

O restaurante não tem mesas, somente balcão onde é servido um dos melhores ceviches da cidade. O cardápio tem cerca de vinte pratos. Um dos destaques desse menu, revisto a cada 6 meses, é o ceviche de frutos do mar com marinada de manga e sagu e a Huminta, uma criação sua inspirada na prato andino, conhecido na Argentina como Humita, mas que em sua versão mais parece um muffin de milho. É delicioso!

Checho conta ao Bitsmag que pegou a clássica receita da Huminta andina, um tipo de pamonha salgada, e tentou deixar mais leve. Para ficar mais fácil de servir ele lhe conferiu o formato de muffin.

Além dos ceviches e outros bastiões da comida latino americana, como as empanadas, Checho serve alguns dos supra-sumo da baixa gastronomia, ou comida de boteco: o galeto assado, a costelinha suína e a coxinha. Todos os dias Checho faz uma sugestão de prato diferente, um destaque, portanto é possível apostar também na surpresa .

Além da Comedoria Gonzales o Mercado de Pinheiros tem o Mocotó Café, do chef Rodrigo Oliveira, uma versão mini do badalado e conceituadíssimo Mocotó. É uma boa opção para conferir um pouco da comida nordestina.

Alex Atala (D.O.M., Dalva e Riviera) administra cinco pontos no Mercado de Pinheiros e, além do convite a Rodrigo Oliveira, Atala promete muitas novidades para esses espaços que ainda não estão todos montados. Alguns oferecem produtos de fabricação própria como cuscuz, tapioca, queijo e bolo de rolo. O Instituto Atá, de Alex Atala e a ONG Instituto Socioambiental estão montando espaços dedicados à Amazônia, à Mata Atlântica e ao Pantanal. Produtos desses locais, além de atividades culturais e educativas estão na agenda, bem como aulas de jardinagem e hortas.

Mercado Municipal de Pinheiros
De segunda a sábado das 8h às 18 horas (fecha domingo)
R. Pedro Cristi, 89 – Pinheiros
Tel.: 3031-7932

Comedoria Gonzales é destaque no Mercado de Pinheiros


Bitsmag