Casa Fat Radish

Bitsmag

img_6345

Restaurante novaiorquino abre versão pop-up no Rio durante a Copa do Mundo

Durante a Copa do Mundo o Rio de Janeiro recebe uma edição pop-up do restaurante Fat Radish de N.York. Em Manhattan o Fat Radish abriu em 2011 seguindo a filosofia de sustentabilidade, com comida preparada com ingredientes de procedência local e sazonal. Não é a primeira versão pop-up do Fat Radish fora de N.York, o restaurante funcionou temporariamente em Paris em outubro de 2012, durante a semana de moda.

No Rio a versão pop-up se instala numa mansão do século 19 em Santa Teresa e fica aberta de 11 de junho a 14 de julho. Com conceito de Phil Winser, um dos sócios do Fat Radish, a decoração fica a cargo da Via Manzoni, loja de design, com mobílias de Zanine de Zanini e iluminação de Tom Dixon. O espaço vai abrigar mostras de arte com curadoria da Galeria Carbono, especializada em múltiplos de grandes artistas.

O bar, que tem patrocínio da Alsolut Elyx, uma versão mais luxuosa da vodka sueca, tem drinks criados por Tato Giovannoni do Floreria Atlantico de Buenos Aires. Já o menu propriamente dito vai privilegiar peixes e produtos orgânicos dos arredores do Rio de Janeiro. O restaurante deve servir um menú degustação com 5 pratos.

Bitsmag