Disco music na festa de 11 anos do Bits da Madrugada

Bitsmag

bitsession-flyer-web.gif

Festa aposta na disco como melhor faceta das pistas de dança da atualidade

No dia 18 de setembro a Fosfobox aposta no estilo disco, na velha e na nova discoteca, gênero de música que está ganhando mais e mais fãs fervorosos pelas pistas do mundo, com o novo som de produtores super jovens que reverenciam os papas dos clubes dos anos 70. No bar a Fosfo tem mais uma edição da simpática festa Na Toca Com Panteras, com o DJ Marcos Pantera, veterano da noite carioca que leva ao clube de Copacabana toda quinta o som mais puro e verdadeiro da era disco. Na pista principal a Fosfobox sedia a bits Sessions especial disco, apostando na nu disco com o projeto Lost J Sister de Gustavo Tatá, onde o DJ destila o que há de mais novo na disco da atualidade. De São Paulo o DJ Edu Corelli vem para comemorar 20 anos de carreira, também trazendo muita nu disco além de improvisos onde ele pode inundar a pista com house dos anos 90, disco das antigas ou qualquer outra coisa glamurosa que lhe passar pela cabeça. No telão do bar o filme O Show Deve Continuar, de Bob Fosse, com os melhores bailarinos da Broadway dos anos 70 em imagens que não vão deixar ninguém sentado.

DJ Edu Corelli
O DJ Edu Corelli é um dos mais conceituados, respeitados e divertidos DJs brasileiros. Não só é o DJ preferido de muita gente que produz suas festas particulares e exige a presença de Corelli comandando a pista, como é residente de pontos underground da noite paulista como a Torre do Dr. Zero, A Lôca e o clube Glória. São de Corelli algumas das trilhas de desfiles mais interessantes, muitas compostas em parceria com Luis Depeche para Fábia Bercseck e Cavalera, entre outras grifes. É assim, transitando no maior estilo hi-low, entre as passarelas e salões glamurosos e as pistas mais anárquicas que Edu Corelli, que também ficou conhecido como a DJ Selma Self Service, desenvolveu um set absolutamente autoral que tem como maior proposta a energia, o glamour e o bom gosto num som que alegra e faz dançar qualquer clubber incauto. Seja na bizarrice de A Lôca, ou nas pistas parisienses onde ele chegou a tocar para Karl Largerfeld, Corelli é certeza de balanço, alegria, bom gosto e uma boa dose de audácia e vanguardismo.

DJ Gustavo Tatá
No Rio o DJ Gustavo Tatá dispensa apresentações, sendo um dos mais assíduos nas pistas da cidade. Houseiro de primeira comandou a pista da festa Maja por anos, foi residente das festas Playground do 00 e X-Demente além de muitas outras, um preferido do público carioca. Na bits Sessions Tatá vai mostrar o projeto Lost J Sister, o lado mais disco do seu repertório.

DJ Marcos Pantera
No bar Marcos Pantera defende o projeto Na Toca Com Panteras. Um clubber de carteirinha Pantera vem freqüentando as pistas da cidade desde os anos 70, na época em que a cidade era uma alegria só e a experimentação reinava na música que bombava nos clubes iluminados e no comportamento das pessoas na era pré-Aids. De clubber na era mais apoteótica da discoteca Pantera passou a discotecar e, entre outras atividades que exerceu, como hoteleiro e estilista, tocou em lugares antológicos como o clube Ilha dos Mortos, nos anos 80 e no bar Blue Angel, nos anos 90. Hoje Pantera é responsável pelo brechó De Salto Alto, especializado em peças e roupas, principalmente dos anos 70. Sem dúvida os sets de Pantera são resultado de um verdadeiro garimpo musical, sem obviedades da disco mas com preciosidades que só mesmo ouvidos veteranos das pistas vão reconhecer. Os sets de Pantera são absolutamente necessários para quem quer lembrar e para quem quer pesquisar raridades da disco dos anos 70 como Grace Jones, Claudia Barry, El Coco, Gary’s Gang, Cerrone, Coke Escovedo, C.J e CO. Le Chocolat’s, Saulsoul Orchestra e all the Black Rêtro. Rola, claro, um Chic e uma Donna Sommer menos manjada, mas não espere Bee Gees.

O Show Deve Continuar (All That Jazz) de Bob Fosse
Filme musical do coreógrafo da Broadway e diretor de Cabaret e Chicago, Bob Fosse. Em O Show Deve Continuar Bob Fosse conta uma fábula com muitos elementos de sua própria história de escritor/diretor e coreógrafo de sucesso. Com inesquecíveis números musicais e coreografias fantásticas o filme tem alguns dos melhores atores e bailarinos da Broadway do final dos anos 70. Roy Sheider, que vive o papel do alter ego de Fosse, foi indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro de melhor ator em 1980. O Show Deve Continuar ganhou a Palma de Ouro em Cannes nesse ano e foi indicado a vários Oscar, ganhando os de melhor música, melhor figurino, melhor direção de arte e melhor edição.

Bits Sessions especial Na Toca Com Panteras
Dia 18 de setembro a partir das 23h
Fosfobox
Rua Siqueira Campos, 143, lj. 22A
Copacabana
Tel: 21-2548-7498
Preço: R$ 20 ou R$ 15 (com flyer ou lista amiga)
lista amiga: promobits@bitsmag.com.br

Bitsmag