Novos ricos japoneses já podem consultar curador de alto luxo

Bitsmag

thumb_celux-salon

Novos ricos japoneses já podem consultar “curador” de alto luxo

celux-salon 

Fica no santuário de Louis Vuitton em Tókio: é o serviço de Lifestyle Curator Service da Celux, braço da LVMH no Japão. O Celux Club oferece um clube privê na cobertura do prédio, no bairro hype de Harakuju, onde se pode dar um upgrade completo no visual e também no status social, através dos conselhos de um “curador”, além de eventos e cursos. O curador trabalha como um personal stylist mas vai além, e o clube tem todos os serviços e produtos à venda para que os conselhos do guru de alto luxo se materializem, incluindo lounge, spa e restaurante.

No entanto os cerca de 2 mil dólares de taxa de inscrição e 250 dólares de taxa anual não são pagos por uma maioria de donas de casa ricas e entediadas. Na verdade o Celux Club tem uma maioria de 60% de membros do sexo masculino, todos selecionados previamente pela marca.

Esses membros do clube seleto de adoração ao luxo podem comprar produtos Louis Vuitton, incluindo os primeiros exemplares de peças e também modelos exclusivos, além de peças vintage raras. Obras e objetos de jovens artistas e designers de todo o mundo também estão à venda no Celux Club.

Além disso são promovidos eventos diversos, como pré estréias de filmes ou jantares e almoços com chefs estelares. O Celux Club é portanto um grande laboratório de tendências de comportamento e desejos de consumidores de luxo.

Bitsmag