No mês de maio o Dama de Ferro completa cinco anos

Bitsmag

thumb_kalexandrino

No mês de maio o Dama de Ferro completa cinco anos de serviços prestados à cultura underground carioca

kalexandrino

No mês de maio o Dama de Ferro, inferninho descolex que fica na virada Ipanema/Lagoa, completa cinco anos de serviços prestados à cultura underground carioca. A festa Electroboogie, do residente Tony Viegas, teve presença especialíssima da performática Karine Alexandrino e do DJ e produtor chileno Andrés Bucci. Nos ipods o som descompromissado ficou por conta de Filipe Raposo e Breno Pineschi.

Andrés Bucci deixou de ser artista plástico para experimentar com sons quando morava na Alemanha, em 1996. Começou a produzir música em Berlim com um computador Atari 1040, software Cubase e uma bateria eletrônica Roland. Hoje ele se prepara para lançar um novo álbum. No Dama ele vai discotecar e fazer um live set.

Karine Alexandrino
, cujo hit é Baby Doll de Nylon, do Caetano, faz arte inclassificável em formato maldito, roubando referências da literatura, do cinema e da cultura pop. No Dama ela vai apresentar a performance A Mulher Tombada. Confira performance da anti-diva:

Bitsmag