Justice, Digitalism, 2 Many DJs

Bitsmag

skolbeats.gif

Faltam quatro dias para terminar a votação do Skol Beats 2008

skolbeats.gif

Faltam quatro dias para terminar a votação do Skol Beats 2008 

Por: Divulgação

O Skol Beats 2008, que este ano será inteiramente co-criado com o público, acaba de revelar a lista das 14 atrações internacionais que serão votadas pelo público. Destas 14 opções, sete se apresentarão no festival, dia 27 de setembro, em São Paulo. As votações começam amanhã, 28 de maio, e terminam dia 08 de junho. Os nomes são resultado do fórum de discussões que aconteceu no site oficial do festival – www.skolbeats.com.br –, de 29 de abril à 16 de maio, e revelou tendências e vertentes da cena eletrônica.

O processo de votação acontecerá em etapas, começando pela escolha das atrações internacionais, conforme o cronograma abaixo:

Votação – de 28/05 à 17/08 (por etapas)

Dj Internacional – 28/05 à 8/06

DJ Nacional – 10/06 à 29/06

VJ  –  1º./07 à 20/07

Formato (local/ horário/indoor ou outdoor) – 22/07 à 10/08
Social (ações de responsabilidade social) –  12/08 a 17/08

Onde acontecerá a co-criação
Além do site do Skol Beats –  www.skolbeats.com.br – o público poderá ainda lançar mão de seu celular para participar da votação via SMS pelo número 49221, o que o
torna ainda mais democrático, inclusive para quem não mora em São Paulo. 
Além disso, os participantes poderão votar e ajudar a construir o festival também nas urnas instaladas em locais como bares e baladas de São Paulo. A lista poderá ser encontrada no site oficial do festival.
 
SHORT LIST – DJ´s INTERNACIONAIS
 
 
AGORIA
Sebastien Devaud, também conhecido como DJ Agoria, começou a sua história com a música fazendo trilhas sonoras para o cinema francês.
Agoria foi muito influenciado pelo jazz e pelo techno de Detroit e teve em sua família toda base e inspiração, já que sua mãe era cantora de ópera. Prossegue na cena musical com seus trabalhos na área do Techno e Funkie Techno. Reconhecido pelos DJs de todo o mundo e coroado pela revista DJ Magazine com uma nota nove pelo seu último álbum ele traz em seu set toda energia que o techno francês tem. Empolgante, enérgico, elegante e atual.

MAKOTO
Vindo de Tókio, Makoto Shimizu é o embaixador do Drum N Bass Japonês. Ao longo dos anos ele lançou uma seqüência inigualável de discos e singles entre os quais o aclamado EARTH  e o Progressions Sessions, ambos de Compilação. Seu Set de Drum & Bass atmosférico envolve o público com fortes referências ao Jazz.

MARKUS SCHULS
Markus Schuls já faz parte da elite da dance music. Se quisessem escolher um rosto no meio dos artistas para ilustrar a fusão entre o house, o progressive e o trance esse rosto certamente seria o de Markus Schuls. Fundindo elementos diferentes em sua música o som Markus é fácil de se identificar mas difícil de se definir. Como produtor ele é um incansável perfeccionista.

STEVE ANGELLO
Steve Angello começou muito cedo no mundo da música e dos nightclubs. Seu pai era o dono do lendário clube Athen’s conhecido por seu perfil underground e inovador no final dos anos 80. Sua paixão pela música transcendia a singularidade das pistas de dança. Steve então se iniciou na carreira de produtor fonográfico junto ao seu melhor amigo Sebastian Ingrosso – engenheiro de som de um famoso estúdio na Suiça. Um dos fatos que mais se chama a atenção ao se falar de Steve é que ele conquistou boa parte do mundo com seu groove inconfundível com apenas 23 anos de Idade.

MENNO DE JONG
Menno de Jong é o DJ de número 62 no Ranking da Revista DJ Magazine Inglesa. Conhecido por ser um dos pioneiros a criar podcats, ele entrou bem cedo com suas produções no selo Intuition.
Seu destaque nas rádios e na internet é também evidente. Atualmente o seu programa no rádio é mensal. Seu Podcast pode ser baixado no itunes.

PENDULUM
O Pendulum foi formado em 2002 na cidade natal do grupo: Perth que fica a Oeste da Austrália no momento em que os produtores Rob Swire e Gareth McGrillen se juntaram ao DJ Paul ‘Elhornet’ Harding.
Após vender mais de 225 mil copias de seu primeiro álbum autoral "Hold Your Colour", remixar artistas como o Prodigy e serem freqüentes visitantes dos programas da BBC o Pendulum finalmente aceitou o desafio de levar as coisas até o próximo nível: Tocar com a banda ao vivo.
Nos últimos 12 meses o Pendulum se afastou das profundezas do trabalho underground para se dedicar exclusivamente ao seu segundo álbum e polir seu som junto a banda para preparar as performances ao vivo.

DUBFIRE ( DEEP DISH)
Ali Dubfire, faz parte da dupla Deep Dish, que é uma das mais importantes dupla de DJs e produtores de música eletrônica da atualidade.
Parte de uma das estruturas pensantes do Deep Dish, Ali, responsável por parte da engenharia de som e da programação musical do trabalho autoral do grupo. Também chamado de apenas pelo nome de “Dubfire”, ele cresceu em Washington DC e passou anos de sua infância tocando guitarra na banda de sua escola e escutando doses massivas de Hip-Hop, Jazz/Rare Grooves, Dub, Reggae, New Wave e Industrial.

ARMIN VAN BUUREN
Armin Van Buuren tem 31 anos e já foi votado como o DJ número um do mundo pela revista DJ Magazine. Ele também recebeu prêmios como melhor disco de música eletrônica, melhor faixa, melhor compilação, melhor programa de rádio holandês.
Seu set tem forte carga de trance music e progressive mas atualmente leva traços de Techno, House e Electro.

FERGIE
Fergie fez história cedo na música eletrônica. As publicações especializadas apontavam o irlandês como o futuro do estilo e realmente ele é um prodígio das pick-ups. Além de DJ, com seu impecável hard-house, a fama de Fergie o tornou apresentador de rádio num programa semanal na rádio britânica BBC Radio One, onde ataca de repórter e faz um diário de suas aventuras em Ibiza.
  
DIGITALISM
Como  eles mesmos costumam dizer se o Franz Ferdinand está fazendo música para as pessoas dançar, o Digitalism está fazendo música para as pessoas detonar na pista.
Há milhões de bandas de rock fazendo música voltada para as pistas de dança. Eles fazem música eletrônica para todos poderem bater a cabeça. O Digitalism é a união de Jens Moelle & Ismail Tuefekci. Os dois se conheceram em Hamburgo na Alemanha em uma loja de discos, e logo já estavam tocando em festas. Para o Digitalism a regra era clara: O groove não podia cair nunca!

DILLINJA
Poucos produtores e DJs são tão respeitados como o Dillinja. Com sua marca registrada definida por fortes linhas de baixo, e agudos elegantes, e grooves atmosféricos Dillinja se tornou um dos mais influentes produtores da cena Drum & Bass  de hoje. Dillinja foi alimentado por uma dieta de funk, jazz, reggae e grooves raros; gênero estes que ajudaram a compor a sua excelência mas foi à explosão electro dos anos 80 que ganhou seu coração.

JUSTICE (†)
A dupla eletrônica mais comentada e importante da atualidade. Carregando fortes influências dos discos punks e do electroclash com o característico tempero Frances o Justice é tido por algumas publicações como a salvação da música eletrônica. O conjunto conseguiu a façanha de unir todo o comportamento punk e eletrônico a atitude Rock & Roll das pistas e estádio de Rock.  Atualmente tem tanto poder e destaque que são foram chamados para remixar artistas de respeito como: Britney Spears, Fatboy Slim, Steve Wonder, Justin Timberlake. Também foi indicado ao prêmio Grammy 3 vezes por seu disco, videoclipe e melhor faixa de música eletrônica.

SEBASTIAN INGROSSO
Sebastian é um dos DJs e Produtores mais comentados da atualidade . Junto ao melhor amigo e sócio o DJ e produtor Steve Angello, Ingrosso é sem dúvida um dos bispos da House Music. Dono do selo “Refune” Records ele se apresenta com freqüência em Ibiza, New York, Amsterdã, Paris, Londres e Tókio. Sua presença nos clubes é invariavelmente sinônimo de ingressos esgotados. Seu som é sem dúvida o reflexo de sua vida nos guetos e submundos da Suécia. A linguagem que fala é a do House mas elementos do Techno, Hip Hop, Dub, Trilhas sonoras de filmes, e do Soul estão presentes em sua realidade diária nas pistas. Esta mistura pouco provável tem apenas uma finalidade: levar a galera na pista a loucura. E funciona. Atualmente Sebastian remixa a nata da música eletrônica. Seu selo lançou mais de 20 artistas e tem em seu catálogo mais de 50 lançamentos.

2 MANY DJS
Do politicamente incorreto Rock Progressivo ao Funk, do descolado Trip-hop ao pesado Techno alemão – se o som faz as pessoas rebolarem na pista eles certamente o têm em seus cases. Sobrepor estes sons é sua obrigação, e eles amam fazer isso. Inspirados na filosofia de Grandmaster Flash, ele se acostumaram a cortar e separar a melhor parte de uma música e sobrepunham em uma faixa ainda mais dançante. Na noite em que fizeram sua primeira apresentação na rádio Xfm – uma rádio grande na Europa – vários donos de clubes começaram a telefonar para a emissora desesperados pelo contato dos DJs para que pudessem tocar em suas festas. O disco deles no entanto não deve sair tão cedo devido ao enorme número de licenças que um mix de 45 minutos contendo mais de 60 músicas acarreta. Enquanto isso, quem puder se deliciar com a sensação que essa mistura provém ao vivo não pode ficar parado: corra a pista mis próxima em que os 2Manydjs estejam se apresentando.
 

Bitsmag