Hussein Chalayan terá sua primeira retrospectiva na Inglaterra

Bitsmag

chalayan9.jpg

Design Museum de Londres prepara grande retrospectiva de Hussein Chalayan

chalayan1.jpg

Design Museum de Londres prepara grande mostra do estilista

Ele é um dos mais destacados designers da atualidade. Além de sua própria grife, Hussein Chalayan foi este ano nomeado diretor criativo da Puma que, por sua vez, também se tornou acionista majoritária de sua grife. Sua experimentação e seus desenhos conceituais fizeram seu renome e agora ele será homenageado com uma grande mostra em 2009, a primeira na Inglaterra.

A exposição estréia no Design Museum de Londres em janeiro de 2009 e lá será possível apreciar o uso inovador de materiais, o emprego meticuloso de estampas e o uso de novas tecnologias, conceitos utilizados no trabalho de Hussein Chalayan. Em quinze anos de carreira ele fez várias parcerias envolvendo disciplinas distintas. Chalayan já trabalhou com músicos, antropólogos, designers industriais, engenheiros, joalheiros, designers têxteis e até mesmo experts em DNA.

A mostra, a primeira no Reino Unido dedicada ao trabalho de Hussein Chalayan, vai ficar em cartaz até maio e vai mostrar peças antológicas como Afterwards, que participou de um desfile da London Fashion Week em 2000 e que explorava a noção de arquitetura para vestir. Afterwards é literalmente um móvel transformado em roupa. Já o modelo Airborne é um vestido com cristais Swarovski e mais de 15 mil luzes de LED e também está escalado para a mostra do Design Museum. Readings, um modelo que é um espetáculo de luz e cor,  tem 200 lasers.

Hussein Chalayan nasceu na ilha do Chipre e se mudou para a Inglaterra aos doze anos. Formou-se na Central Saint Martin’s College Of Art And Design em 1993 com a coleção inovadora The Tangent Flows, que teve todas as suas peças compradas por Joan Burstein, dona da loja Browns. O experimento de Hussein Chalayan nessa coleção foi de envolver o efeito da terra na roupa. Ele enterrou toda a coleção no quintal de sua casa e depois desenterrou, para ver qual seria o efeito da terra e de seus vários minerais nos tecidos e nas formas das roupas. 

Suas coleções costumam ser destaque nas edições da London Fashion Week com roupas operadas por rádio, vestidos com “portas” que se abrem como portas de carro ou saias que se transformam em mesas de chá. Em um desfile Chalayan usou palitos de dentes para manter as bocas das modelos abertas como num grito permanente.

Nos últimos anos Hussein Chalayan tem mostrado suas coleções em Paris, mas a base de suas operações continua sendo em Londres.
Em 2005 o Groninger Museum da Holanda realizou a primeira exposição solo de Hussein Chalayan. No mesmo ano ele rpresentou a Turquia na 51a edição da Bienal de Veneza com a obra Absent Presence, um vídeo estrelado pela atriz britânica Tilda Swinton.

Veja abaixo imagens de alguns dos modelos excepcionais de Hussein Chalayan – clique na imagem para abrir a galeria:

{gallery}estilobits/chalayan{/gallery}

  Mais sobre Londres e os londrinos no blog London Bits

Bitsmag