Desfile da Colcci com Giselle Bundchen

Bitsmag

gisele_colcci.jpg

Desfile Colcci – inverno 2008 –  Desastre fashion que nem über model salva

gisele_colcci.jpg

Se o desfile da Colcci é, em teoria, o que mantém o glamour do evento de moda carioca Fashion Rio, a empreitada deveria realmente se aposentar de vez. O último desfile da marca foi realmente um desastre e a moda foi claramente a última coisa levada em consideração pela grife.

Pelo jeito a Colcci acredita que a presença caríssima da über modelo no casting por si só vai sustentar o desfile. Mas acontece que não dá para enganar, a Colcci tem apresentado, ano após ano, coleções feias e sem graça e não há modelo nenhuma do mundo que vá salvar a falta de estilo. Nada funciona na nova coleção para o inverno 2008. Não há peças realmente básicas, que deveriam ser o forte da marca, nem looks mais elaborados que demonstrem bom gosto ou criatividade. Só mesmo um amontoado de roupas comuns mal colocadas e de cores desinteressantes. Foi lamentável. Será que a grife não poderia contratar um estilita tão profissional e respeitado quanto a super modelo?

O desfile em si foi um mico só, com brigas na platéia, calor senegalês e ausência de celebridades que, aliás, também não estão em lugar nenhum no evento da Marina da Glória. A passarela giratória não agradou. Mas o pior mesmo é a coleção em si que parece obra de qualquer confecção à venda no centro comercial do Saara, no Rio…

O Rio insiste e continua a entediar a imprensa nacional e estrangeira. Semana de moda carioca deveria ter mesmo somente moda praia, roupa básica e moda fitness porque é só isso mesmo que o carioca faz: vai à praia e à academia e, no máximo, vai a um restaurante ou boteco depois da praia, na maioria das vezes de short e havaianas ou ainda com a roupa que foi à praia. O bom estilo carioca de hoje está representado por duas marcas despojadas que nunca passaram pela semana de moda: as grifes Farm e Espaço Fashion.

Resta aguardar o que se verá nos desfiles de Redley e Cantão que, com certeza, não precisam de desfile em semana de moda para mostrar suas coleções. Qualquer outro evento mais criativo daria mais repercussão para as marcas, mas arrastar Colcci e outras marcas obscuras do interior do país para fazer um “fashion rio” que tem tudo menos estilo carioca é realmente um insulto e uma perda de tempo. A festinha com a modelo no chiqueirinho no super clube The Week foi a gota d’água da cafonice. Coroou com chave de ouro. Pior que isso só revéillon no Edifício Chopin, que vergonha, socorro…

Bitsmag